'É possível que haja uma reativação de leitos', declara Colbert sobre surto de gripe e confirmação de casos de Flurona

 


Com o surto de gripe que ocorre em Feira de Santana e a confirmação de um caso de Flurona, ontem (4) e mais um caso esperando análise do Lacen, o prefeito Colbert Martins da Silva, disse na manhã desta quarta-feira (5) ao Acorda Cidade que diante do cenário de superlotação de policlínicas, Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e hospitais particulares, é possível que a prefeitura volte a a ativar leitos para atender pacientes de Covid-19 e Influenza.

De acordo com ele, não será possível acontecer mais no Hospital de Campanha, pois este foi vendido a empresários da cidade, mas irá conversar com a secretária estadual de saúde Tereza Paim, para dialogar quais medidas deverão ser tomadas.

“Vou ligar para a secretária para ver se tem novas medidas para a gente tomar. A primeira medida é ter cuidado, usar a máscara e continuar se protegendo”, afirmou o prefeito ao Acorda Cidade.

Ontem a prefeitura anunciou também que irá atender casos leves de gripes nas Unidades Saúde na Hora (USH) e também nos postos dos bairros. Estes locais têm horário ampliado de funcionamento, sendo respectivamente as USH até às 21h e os postos de bairros até às 18h.

Colbert salientou que a flurona que é uma co-infecção, uma dupla infecção por Covid e gripe, tem potencial de menor gravidade para as pessoas que já estão vacinadas.

“É uma associação entre os dois vírus e mostra uma epidemia dentro da outra uma epidemia. A Covid piora até os dez primeiros dias e quando tem a gripe, tem esses dois vírus a piora pode ser ainda maior. No entanto, a vacina tem o poder protetivo”, explicou.

Ele salientou que o que pode ocorrer é um aumento de casos, principalmente devido as festas e aglomerações que ocorreram no final do ano.

Medicação para a gripe e vacina da Covid-19 para crianças

O prefeito informou também que o município está em busca da medicação Tamiflu que é prescrita para a gripe, mas ela está em falta. O estoque acabou a prefeitura não está conseguindo comprar e nem recebeu através do Ministério da Saúde.

Sobre a vacina da Covid-19 para crianças a partir de cinco anos ele comentou que deve chegar a partir do dia 15 de janeiro e a prefeitura irá divulgar o esquema de vacinação.

A recomendação atual segundo o prefeito é que as pessoas que estiverem de Covid ou gripe, esperem 30 dias a partir do primeiro sintoma para receber as vacinas tanto de Covid como da Influenza.

Postar um comentário

0 Comentários