Pessoas com sintomas leves de gripe devem buscar unidades básicas de saúde

 

Secretário de Saúde Marcelo Britto ressalta que atendimento é mais rápido

Pessoas com sintomas leves de gripe e resfriado devem priorizar o atendimento na unidade de saúde mais próxima de casa. São situações simples, que podem ser resolvidas de forma rápida com repouso e medicação. A orientação é do secretário de Saúde, Marcelo Britto, diante do aumento de casos de síndrome gripal em Feira de Santana.

Já febre persistente e desconforto respiratório exigem assistência na rede de urgência e emergência, como Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e policlínicas - que registrava em média 45 mil atendimentos ao mês. Agora, aproximadamente 77 mil. A informação foi prestada em coletiva de imprensa realizada na manhã desta terça-feira, 4. 

Entre as medidas adotadas para melhorar a assistência está a ampliação do horário de funcionamento nas Unidades Básicas de Saúde, das 8h às 17h. Além disso, houve a inclusão da unidade Rua Nova II, III e Barroquinha no programa Saúde na Hora, com funcionamento entre 8h e 21h, e aquisição de medicamentos para tratamento da influenza (Oseltamivir)

Ainda segundo o secretário, "foi instituído fluxo de atendimento para estes casos e os profissionais estão sendo atualizados e capacitados para o melhor manejo do paciente e identificação dos casos", afirma Marcelo Britto.

O prefeito Colbert Filho, que também é médico, ainda pontuou sobre o aumento simultâneo de casos da Covid-19. Em dezembro foram 630 casos e três mortes. Neste mês, são 19 casos confirmados e um óbito. Ainda segundo o prefeito, não há a possibilidade de desobrigar o uso da máscara. 

"É preciso manter a vacinação contra a Covid em dia e o uso da máscara para evitar a transmissão de doenças", orienta. 



Postar um comentário

0 Comentários