Pesquisa aponta variação de 90 por cento entre itens do material escolar

 

Pais ou responsáveis podem conferir os preços e comprar o produto mais em conta


Para facilitar a busca pelo melhor preço do material escolar, a Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de Feira de Santana divulgou uma pesquisa comparativa com alguns itens. A cotação foi realizada nos dias 10 e 11 de janeiro em quatro estabelecimentos diferentes - Maskate, Bahia Papelaria, Dinubia e Le Biscuit.

Entre os itens pesquisados, o caderno capa dura de 10 matérias da marca Tilibra tem o menor preço na Le Biscuit, por R$ 8,99, seguido da Dinubia, que custa R$12,99. Na Bahia Papelaria, o mesmo material sai por R$14,40. O preço mais alto é na Maskate, custando R$ 17,53 - uma diferença de 94% entre o menor e o maior preço.

A pesquisa ainda avaliou a caixa de lápis de cor com 12 unidades de marcas variadas. O produto sai por R$ 1,91 da marca Leonora na Bahia Papelaria. Da marca Gatte custa R$ 3,48 na Maskate. Já o produto da Leo e Leo sai por R$ 3,99 na Le Biscuit. Na Dinubia custa R$ 4,99.

Já o lápis de cor com 12 unidades da Faber Castell teve o menor preço registrado na Dinubia, por R$ 4,99. O maior valor é de R$ 12,13 na Bahia Papelaria.

A unidade do lápis está saindo por R$ 0,24, da marca Gatte, na Maskate. Já na Bahia Papelaria, custa R$ 0,35. Na Dinubia, por R$ 0,99.

A caneta esferográfica foi encontrada em menor valor na Maskate por R$ 0,77 (Bic), seguido da Bahia Papelaria por R$ 0,87 (Bic)  e R$ 1,25 na Dinubia. O maior valor foi identificado na Le Biscuit, custando R$ 5,99 (Cis).

A relação completa dos itens e valores pode ser conferida em anexo:

    

Postar um comentário

0 Comentários