Operação Feira quer Silêncio será retomada neste mês de janeiro

 


Por conta dos festejos de fim de ano, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmam), decidiu suspender as fiscalizações da Operação Feira Quer Silêncio, que é realizada em Feira de Santana, visando coibir o som alto.

Em entrevista ao Acorda Cidade, o secretário José Carneiro Rocha, explicou que mesmo com a Operação suspensa, fiscais ficaram de plantão em caso de alguma necessidade.

"Nós entendemos que o mês de dezembro, é um período de comemorações, como o Natal, Réveillon, onde há reuniões inclusive de pessoas que se confraternizam e, diante disso, nós tomamos a decisão de suspender por um pequeno espaço de tempo, a Operação Feira quer Silêncio durante este mês. No entanto, os fiscais ficaram de plantão para em caso de abuso, fazer visitas isoladas, mas agora em janeiro, iremos retomar com esta operação, acreditando que vamos atender a maioria das demandas que surgirem no decorrer dos finais de semana, como forma de combater a poluição sonora em nossa cidade", afirmou.

Ainda de acordo com o secretário, mais de duas mil fiscalizações foram realizadas durante o ano de 2021.

"Até o mês de dezembro de 2021, tivemos 2.162 fiscalizações, 128 notificações, 699 advertências, 11 multas e 197 apreensões de paredões. Além desses dados, tivemos na divisão de fiscalização, 1.567 fiscalizações de poluição sonora e 156 fiscalizações de poluição visual. Tivemos 208 remoções de árvores, além de 63 ações contra a degradação do ambiente. Fizemos também um mutirão durante a nossa gestão, onde mais de duas mil cartazes e placas foram retiradas das principais vias de Feira de Santana, ao exemplo da Getúlio Vargas, Maria Quitéria, Senhor dos Passos e João Durval, além de outras ruas espalhadas pelos bairros populosos da cidade", concluiu.

Para denúncias de Poluição Sonora ligue gratuitamente para 156

Fonte: Acorda Cidade

Postar um comentário

0 Comentários