Justiça determina suspensão imediata de paralisação dos ônibus da Rosa

 

Decisão autoriza uso da força policial para assegurar a retomada do serviço e proteção dos trabalhadores

A Justiça determinou que o SINTRAFS (Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários Urbanos de Feira de Santana) e a Empresa Rosa suspendam imediatamente a paralisação dos ônibus e eventuais bloqueios no Terminal Central.
 
A decisão autoriza também o uso da força policial para garantir a circulação dos ônibus e o exercício da atividade dos trabalhadores do Sistema Integrado de Transporte (SIT).
 
O juiz Nunisvaldo dos Santos, da 2ª Vara da Fazenda Pública, estabeleceu ainda a aplicação de multa diária no valor de R$ 50 mil em caso de descumprimento.
 
Conforme a liminar, "o município de Feira de Santana não possui pendência alguma com as empresas de ônibus, razão pela qual não pode ser prejudicado por eventuais desacordos das empresas com o sindicato da categoria”.
 
Desta forma, a paralisação da frota de ônibus urbanos vem prejudicando desde a última sexta, 7, milhares de cidadãos feirenses que necessitam diariamente do serviço de transporte público, considerado de natureza essencial.


Postar um comentário

0 Comentários