Instabilidade no Conecte SUS compromete Certificado Nacional de Vacinação

 

Cidadão pode solicitar regularização pelo Fala Feira 156 ou via e-mail

O Certificado Nacional de Vacinação, disponibilizado pelo Ministério da Saúde no aplicativo Conecte SUS, está com a atualização comprometida por conta de uma instabilidade no sistema, após ataque hacker. Os dados enviados pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) não estão sendo recebidos corretamente e tem prejudicado a emissão do documento que comprova a imunização.

Segundo o secretário de Saúde, Marcelo Britto, muitas vezes os arquivos encaminhados não chegam à base de dados nacional semelhante ao que foi informado pelo Município.  

“Não temos acesso à consolidação desses dados, pois é de responsabilidade do Ministério da Saúde atualizá-los. O certificado comprova a imunização contra o vírus, além de ser exigido para embarque e desembarque em rodoviárias e aeroportos, bem como permite acesso em órgãos públicos e casas de shows”, explica.

ATUALIZAÇÃO

Quem tiver dificuldades em obter o documento com as informações completas basta solicitar a regularização pelo e-mail vacina@pmfs.ba.gov.br.  Em anexo, deve constar a cópia do RG (frente e verso), CPF e cartão de vacina. Ainda, informar – no corpo do e-mail – o local, dia, horário da aplicação e a marca da vacina que recebeu. 

Outra opção simples é o aplicativo Fala Feira 156, disponível nas plataformas Android e iOS. Para isso, deve acessar a categoria "Covid-19: Atualização dos dados da vacinação" e iniciar o pedido. 

Quem não tem acesso à internet tem a opção do atendimento presencial na sede da SMS – localizada na avenida João Durval Carneiro. É necessário apresentar o cartão de vacinação e um documento de identidade com foto para realizar a solicitação. 

Neste caso é importante que o cidadão verifique, junto à unidade de saúde responsável pela vacinação, se os dados já foram inseridos no sistema – o que geralmente ocorre no momento da aplicação. 


Postar um comentário

0 Comentários