Concessionária responsável pela ponte Salvador-Itaparica pede autorização para início das obras

 


O consórcio responsável pela construção da ponte Salvador-Itaparica ingressou com o pedido de autorização dar início às obras do equipamento. O pedido, protocolado nno último dia 16 de dezembro, é o primeiro registro documental da travessia junto à prefeitura da capital baiana.


A informação foi divulgada pela empresa e confirmada pela Secretaria Muncipal de Desenvolvimento Urbano (Sedur), que afirmou que os técnicos do órgão já analisaram o processo e aguardam desde o dia 30 de dezembro a entrega de alguns documentos faltantes.

 

"Neste momento, a Sedur está aguardando a complementação da documentação necessária para dar prosseguimento da análise", disse a secretaria ao Bahia Notícias.

 

Com o contrato assinado entre o governo estadual e o consórcio desde dezembro de 2020, a ponte Salvador-Itaparica tem como empresas responsáveis a China Communications Construction Company (CCCC Ltd), CCCC South America Regional Company (CCCCSA) e a China Railway 20 Bureau Group Corporation (CR20).

 

Procurada pela reportagem, o conjunto de empresas afirmou que "já está providenciando as informações adicionais solicitadas e entregará a documentação assim que finalizada".

 

Estima-se que 28 mil veículos passem diariamente pela estrutura assim que construída. O equipamento terá 12,3 quilômetros de extensão e irá impactar cerca de 4,4 milhões de pessoas somente na Região Metropolitana de Salvador.



Além da ponte, estão inclusos no Sistema Viário Oeste outras intervenções, a exemplo da implantação dos acessos ao equipamento em Salvador, por túneis e viadutos, e em Vera Cruz, com a ligação à BA-001, junto com uma nova rodovia expressa, e a interligação com a Ponte do Funil, que também será revitalizada.



Postar um comentário

0 Comentários