Banco de Leite do Hospital da Mulher registra aumento significativo no número doadoras

 


Mesmo diante da pandemia, o Banco de Leite Humano (BLH) do Hospital da Mulher em Feira de Santana, continua realizando as coletas do leite materno para beneficiar recém-nascidos da unidade.

Em entrevista ao Acorda Cidade, a coordenadora do BLH, a enfermeira Nadja Vieira, explicou que em momento nenhum, a campanha foi suspensa por conta da pandemia, e destacou que as coletas externas são feitas com toda segurança.

Foto: Ney Silva/Acorda Cidade


"Nós tivemos uma queda na doação nos meses de setembro e outubro, mas assim que nós enviamos um informativo para as mães que já são cadastradas, as doações voltaram a ter um número significativo. Não tivemos suspensão na coleta externa dessas mães, continuamos realizando com toda segurança, temos uma parceria com o Corpo de Bombeiro, no qual temos todo o cuidado em realizar esta coleta, e equipe se desloca até a casa dessa mãe toda paramentada e recolhe o leite da mãe doadora", informou.

De acordo com Nadja, ainda não há estudos que comprove que a Covid-19 seja transmitida através do leite materno.

"Nós enviamos um comunicado para todas as mães, que em caso de sintomas, que elas comunicassem o nosso Banco de Leite, mas ainda não há estudos que comprovem que a Covid-19 ou qualquer outro resfriado, seja passado para a criança. As mães chegam em nosso Banco de Leite para serem estimuladas e aquelas que possuem leite em excesso, doam esse leite para outras crianças, aquelas que estão na UTI ou no berçário. Bom salientar que este leite que é recolhido, tanto das mães internas, quanto das mães externas, não é oferecido diretamente para o bebê. Esse leite passa por um processo de seleção, pasteurização que mata 99,99% dos microrganismos patogênicos", afirmou.

Foto: Ney Silva/Acorda Cidade
 

Ainda segundo a coordenadora do BLH, houve um aumento para 124, o número de mães doadoras no Hospital da Mulher.

"A nossa coleta varia muito do dia por conta da rota que é feita. Em média, são dois litros por dia de leite coletado. Depois que realizamos a campanha na mídia sobre o esvaziamento do nosso Banco, de 88 mães que tínhamos cadastradas aqui, esse número aumentou para 124. O leite é muito importante para o organismo e as crianças se desenvolvem rapidamente. Existem estudos que comprovam que as crianças que são amamentadas exclusivamente com o leite materno, são crianças mais inteligentes, são crianças que não apresentam problemas respiratórios, não apresentam problemas gástricos, então o leite materno possui tudo o que o bebê precisa nesse momento, inclusive, prepara a criança para a futura alimentação", concluiu.

Foto: Ney Silva/Acorda Cidade


Fonte: Acorda Cidade

Postar um comentário

0 Comentários