“Prévia do PIB” tem queda de 0,27% em setembro e 0,14% no terceiro trimestre

 

Notas de reais
Indicador aponta segundo trimestre consecutivo com resultado negativo, o que configuraria recessão técnica; IBGE vai divulgar dados oficiais em 2 de dezembro. Notas de reais. Pedrosa_picture por Pixabay. Fabrício Julião do CNN Brasil Business. Anna Russida CNN

O Índice de Atividade Econômica (IBC-Br) do Banco Central, uma espécie de “prévia” do Produto Interno Bruto (PIB), registrou queda de 0,27% em setembro.

A projeção também apontou queda de 0,14% no terceiro trimestre do ano. Caso o IBGE confirme o resultado negativo, será o segundo trimestre de queda em 2021, o que configura recessão técnica.

No trimestre anterior, o IBGE registrou queda de 0,1% do PIB. Os dados oficiais do órgão acerca da atividade econômica no terceiro trimestre serão publicados em 2 de dezembro.

Na comparação anual, o índice mostra uma alta de 1,52%. No ano, o indicador acumula alta de 5,88%. Já em 12 meses, de 4,22%.

Com a queda, o indicador recuou para os 138,56 pontos. Assim, o IBC-Br volta para patamar menor que os 140,02 pontos registrados em fevereiro de 2020, último mês antes dos impactos da pandemia na economia brasileira.

O número negativo já era sinalizado pelos resultados abaixo do esperado nos setores de indústria, comércio e serviços, divulgados pelo IBGE nos últimos dias, e confirma o movimento de forte desaquecimento da economia no terceiro trimestre.

Postar um comentário

0 Comentários