Hospital da Mulher faz ensaio fotográfico de prematuros

 

As roupinhas na cor roxa simbolizam o mês da Prematuridade

Os bebês prematuros internados no Hospital Inácia Pinto dos Santos (Hospital da Mulher) ficaram ainda mais lindos vestindo roupinhas na cor roxa, em ensaio fotográfico realizado pela unidade hospitalar, simbolizando o mês da Prematuridade.

A cor representa sensibilidade, individualidade e transformação, características presentes nos bebês prematuros, que superam muitas dificuldades ainda nos primeiros dias de vida. Alguns chegam a ficar internados por até seis meses, passando pelo berçário e Unidade de Cuidados Intermediários Neonatal do Método Canguru (UCINca) até alcançar 1,850 quilos, peso necessário para receber alta médica.

Segundo a enfermeira coordenadora do Método Canguru, Emilly Araújo, o ensaio fotográfico é uma tradição no Hospital da Mulher. A proposta é criar memórias, registrando o desenvolvimento dos bebês, já que ainda não podem deixar a unidade hospitalar. As fotos são tiradas com autorização das mães.

"O nosso objetivo é trazer um pouco de cor e alegria para a vida dessas mamães, que passam por momentos de tanta incerteza e medo. A fotografia vem acalentar o coração dessas famílias", afirma.


Postar um comentário

0 Comentários