Gratuito e pertinho de casa, moradores cuidam da saúde e recebem assistência social

 

Iniciativa do projeto "Habitação Vai ao Minha Casa, Minha Vida"

A dona de casa Jocélia Souza, de 38 anos, reservou um período da manhã para cuidar da saúde. Deixou os afazeres domésticos para aferir a pressão, realizar o teste de glicemia e, ainda, teve a oportunidade de receber orientações nutricionais. Tudo isso bem pertinho da sua casa e totalmente gratuito.

Ela e outros moradores do Feira VII, nas imediações do Residencial Parque da Cidade, receberam a ação social e serviços de saúde na manhã desta quinta-feira, 18, viabilizada pela Prefeitura de Feira, por meio do projeto “Habitação Vai ao Minha Casa, Minha Vida” - desenvolvido pela Secretaria Municipal de Habitação e Regularização Fundiária.

“Uma maravilha. Deixei a comida quase pronta e a casa arrumada e vim aproveitar esse momento para cuidar da minha saúde”, revelou. Enquanto isso, a filha de Jocélia, a pequena Monique, 4, assistia uma palestra lúdica sobre educação no trânsito, coordenada pela Superintendência Municipal de Trânsito (SMT).

Na oportunidade os moradores ainda receberam orientações de combate a incêndios e como se prevenir de acidentes domésticos. O bombeiro civil, Railan Coelho, passou algumas orientações sobre imobilização e contenção de hemorragias, além de técnicas utilizadas em crianças para desengasgá-las. “É comum nas residências ocorrerem acidentes, principalmente na cozinha por materiais pontiagudos e cortantes”, acrescentou.

O presidente da Associação de Comunitária Residencial Parque da Cidade, Denilson Souza, enfatizou a importância do projeto.

“Somente nessa área moram aproximadamente mil famílias. Aqui tem crianças, acamados, pessoas que precisam de atenção. Nos sentimos mais valorizados e é uma demonstração que o poder público está atento as nossas demandas”, afirmou. A iniciativa teve parceria com a Uninassau. 



Postar um comentário

0 Comentários