Coordenador do Fórum Brasileiro do Clima pede demissão durante a COP26

 

Oswaldo Santos Lucon
À CNN, Oswaldo Lucon disse que enviou um e-mail ao ministro Joaquim Leite para comunicar o pedido de exoneração; ele afirmou que estava insatisfeito e se empenhou dentro dos 'recursos disponíveis'. Oswaldo Santos Lucon. Alesp/Divulgação. Basília RodriguesRudá Moreira da CNN. Em Brasília

CNN Brasil - O coordenador-executivo do Fórum Brasileiro de Mudança do Clima, Oswaldo Santos Lucon, pediu demissão nesta terça-feira (2). Ele acompanha a comitiva do Ministério do Meio Ambiente em Glasgow, onde o Brasil participa da COP26, conferência das Nações Unidas sobre o clima.

À CNN, Lucon disse que enviou um e-mail ao ministro Joaquim Leite, que ainda não está em Glasgow, para comunicar sua exoneração. Ele afirmou que estava insatisfeito, sem endereçar as críticas a ninguém.

“Esperava colocar governo e sociedade em diálogo. No entanto, não estava sendo útil nem para o governo, nem para a sociedade. Me empenhei dentro dos meus recursos disponíveis. Acredito que outra pessoa poderá fazer o que eu não consegui”, resumiu.

O que é o fórum

O fórum é um órgão formado por representantes do governo e da sociedade civil e tem por objetivo “conscientizar e mobilizar a sociedade e contribuir para a discussão das ações necessárias para enfrentar a mudança global do clima”.

Desde a sua criação, em 2009, ele é presidido pelo presidente da República.

O anúncio veio um dia após o Brasil anunciar uma nova meta de redução das emissões de gases de efeito estufa, que passará a ser de 50% até 2030, mas sem detalhar qual é a base de cálculo.

O ex-coordenador já foi da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo, e é formado em Engenharia Civil pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP).

Procurado, o Ministério do Meio Ambiente disse que não tem informações sobre o pedido.

Postar um comentário

0 Comentários