Bahia é atingida por mais de 125 mil raios por causa de frente fria e é estado que mais registrou fenômeno no país

 


A Bahia foi atingida por mais de 125 mil raios na noite de quinta-feira (4). O estado foi a unidade da federação que mais registrou o fenômeno por causa das chuvas, de acordo com o ClimaTempo. Somente a cidade de Valença, na região do baixo-sul, registrou cerca de 6 mil, e Salvador foi atingida por 460 somente em um período de duas horas.

  • Salvador registra 468 raios em um período de apenas duas horas; INMET emite alerta de perigo
  • Raios foram registrados em Salvador e cidades do interior — Foto: Reprodução/TV Bahia
    Raios foram registrados em Salvador e cidades do interior — Foto: Reprodução/TV Bahia

    O diretor da Defesa Civil de Salvador, Sósthenes Macedo, comentou que o fenômeno foi registrado, em maioria, na área do oceano.

    “Foram vários raios que caíram em Salvador, quase 500 em duas horas. Até tivemos uma quantidade de chuva em algumas localidades, mas não foi como já ocorrido em alguns momentos. Mas é certo que com essa quantidade de raios e trovões, e também no sistema que estávamos monitorando aqui no nosso radar meteorológico, assustados. Graças a Deus ele ficou mais estabilizado no oceano, trazendo para cá apenas os impactos dessa frente fria e essa nebulosidade que está em Salvador", comentou.

    Mesmo com a ocorrência de raios e trovões, Sósthenes acrescentou que não houve deslizamento de terra na cidade.

  • "A grande maioria [das ocorrências] está na base das ameaças de deslizamento e desabamento. E hoje [sexta-feira, 5] apenas duas solicitações foram feitas de 0h até agora (por volta das 7h30). Nossas equipes continuarão trabalhando 24h em regime de plantão. Seja no Cemadec (Centro de Monitoramento e Alerta da Defesa Civil de Salvador), no nosso centro de monitoramento e alerta da Defesa Civil de Salvador", disse.

    Segundo o INMET, a previsão para a capital baiana é de ventos intensos e média de 30 e 60 mm/h, e 50 e 100 mm de chuva por dia. Por causa do clima, existem riscos de cortes de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e descargas elétricas.

    A Região Metropolitana de Salvador, a do Vale do São Francisco e o Centro Norte, Nordeste, Sul e Extremo Oeste também receberam alertas de perigo por causa das chuvas intensas.

  • Raio atinge escola em Brotas

    Colégio Estadual Luis Viana Filho, no bairro de Brotas,  — Foto: Alan Oliveira/ G1
    Colégio Estadual Luis Viana Filho, no bairro de Brotas, — Foto: Alan Oliveira/ G1

    A direção do Colégio Estadual Luís Viana, em Salvador, suspendeu as aulas nesta sexta-feira (5) depois que um raio caiu na quadra da unidade. Os alunos foram informados na chegada à escola que, por conta do incidente, a região estava sem energia elétrica e precisariam voltar para casa.

    “Falaram que não estava tendo aula porque um raio caiu na caixa de energia. Não pode ligar o ventilador”, disse uma aluna, em frente à unidade.

    A Secretaria da Educação do Estado (SEC) confirmou a suspensão das aulas no colégio por falta de energia na região. O órgão informou que as aulas do turno matutino serão repostas e dos demais turnos serão retomadas quando o fornecimento da energia for normalizado.

  • Itabuna

    Chuva forte causa alagamentos em municípios do interior da Bahia; confira

    O teto de uma Unidade de Saúde da Família em Itabuna, no sul da Bahia, vazou por causa da forte chuva que atinge a cidade e o espaço foi interditado na tarde de quinta-feira. A água entrou no imóvel e a prefeitura cancelou o atendimento.

    De acordo com a Secretaria de Segurança e Ordem Pública do município (Sesop), o posto vai permanecer fechado pelo menos até segunda-feira (8), quando há previsão de diminuição na intensidade da chuva. A partir daí, as equipes voltarão à unidade para fazer uma vistoria mais apurada e verificar as providências que serão tomadas.

    Imóveis e ruas foram alagadas também no centro da cidade. A Defesa Civil de Itabuna já havia emitido alerta laranja para as próximas 24 horas, com previsão de 90% de chance de forte chuva no município.

    Na madrugada de quarta-feira (3), a chuva provocou desabamento parcial de uma casa em Itamaraju, no extremo sul, depois que um morro ao lado deslizou e o barro invadiu o imóvel. Ninguém ficou ferido.

  • Catu

    Chuvas em Catu — Foto: Reprodução/TV Bahia
    Chuvas em Catu — Foto: Reprodução/TV Bahia

    A chuva intensa também causou alagamento em alguns pontos na cidade de Catu, na região metropolitana de Salvador. O centro de abastecimento do município foi inundado e comerciantes tiveram prejuízo por causa da invasão da água.

    A chuva deve durar pelo menos até domingo (7), sempre acompanhada de ventos fortes, raios e trovões.

  • Jaguaquara

    Chuva causa alagamentos no município de Jaguaquara, interior do estado

    Municípios na região sudoeste do estado também foram atingidos pela chuva na noite de quinta-feira e ruas no centro de Jaguaquara também ficaram alagadas. Imagens feitas por moradores mostram pontos em que a água alcança a altura da porta dos carros.

    Na Praça Guilherme Viola, a água invadiu uma lanchonete e provocou prejuízos ao estabelecimento.

    Chuva Jaguaquara — Foto: Reprodução/TV Bahia
    Chuva Jaguaquara — Foto: Reprodução/TV Bahia
  • Fonte: G1Bahia

Postar um comentário

0 Comentários