Sorrisos largos e remelexo marcam o Dia do Idoso no Centro de Convivência

 


Samba, música e muita alegria. Assim foi a comemoração do Dia Internacional do Idoso no Centro de Convivência para Idosos Dona Zazinha, na manhã desta sexta-feira, 1º. Vacinados, utilizando máscara e cumprindo as medidas contra a Covid-19, eles estão retomando gradativamente às atividades.
 
"Aqui todos os dias são do idoso. Tudo é feito com muito carinho, atenção e amor. Essa comemoração é uma maneira de estar levantando a autoestima e bem estar deles", afirma a coordenadora do órgão municipal, Tilda Brasileiro.
 
 
Animada para curtir o samba, a aposentada Heloísa Santana, 83 anos, não se acanhou. Com o sorriso largo, chamou a atenção pela alegria e carisma, sambando e animando a todos. Vaidosa, não deixou de passar a maquiagem, usar acessórios e adereços no cabelo.
 
" A gaqui ente tem que andar arrumadinha né?! Perfumada e bonita para nós mesmas", disse. Ela destacou ainda que a motivação é "celebrar a vida. Dançar é a melhor atividade que nós temos aqui".
 
A programação contou ainda com palestra sobre saúde bucal, ministrada por um cirurgião dentista da Secretaria Municipal de Saúde, além de café da manhã.
 
Ouça aqui o podcast. 


Postar um comentário

0 Comentários