Sem mudanças: Dia do Comerciário permanece na segunda-feira, 18 de outubro

 


O Dia do Comerciário será comemorado em Feira de Santana, na próxima segunda-feira (18), no mesmo dia do feriado de São João, que foi adiado por conta da pandemia de covid-19. O sindicato que representa os trabalhadores do comércio (Secofs) sugeriu mudar a data para o dia 23 de outubro, uma vez que a classe patronal, por meio do Sindicato do Comércio (Sincofs), deixou claro que não poderia ser em outra segunda-feira, por ser um dia de grande movimento no comércio. No entanto, a sugestão não foi aceita.

O diretor do Sincofs, Marco Silva, informou que a decisão já foi tomada, e que agora os dois sindicatos irão negociar outras pautas, referentes à convenção coletiva.

“O presidente José Carlos já decidiu que o feriado do Dia do Comerciário está mantido, será na próxima segunda-feira, 18 de outubro. Vamos sentar depois para negociar outras pautas. A proposta dos comerciários de transferir o Dia do Comerciário para o dia 23 de outubro, um sábado, não foi aceita. Infelizmente, a classe patronal não pode aceitar por conta da quantidade de feriados que já existem nos meses de outubro e novembro. Depois a gente vai conversar para ver se é possível compor esta data do feriado do comerciário para outro dia", declarou.

O presidente do sindicato dos comerciários, Antônio Cedraz, informou durante o programa Jornal das Duas, na Rádio Sociedade News FM,  que a classe patronal levou vantagem e que os comerciários perderam um feriado. Ele disse também que a categoria ficará mais atenta a estas questões durante as negociações da convenção coletiva. Vale lembrar que representantes das duas classes se reuniram na noite de ontem para dialogar sobre a sugestão da nova data, mas o encontro encerrou sem definição.

“Quero esclarecer que não fomos à reunião de ontem pedir mais um feriado, nós estávamos querendo recuperar o nosso feriado do São João, que nós perdemos (os comerciários trabalharam no dia 24 de junho). Como não conseguimos mexer no feriado do São João porque o prefeito não abriu mão de mudar mais, então, tentamos mudar o nosso feriado do dia 18 para o dia 23, que ficou de dar a resposta hoje. Infelizmente o senhor presidente do sindicato patronal nos informou que não há possibilidade, e que a maioria decidiu por permanecer no dia 18. Está sendo óbvio que eles estão levando vantagem em um feriado que nós perdemos. Como é que coloca dois feriados em um dia só? O prefeito alega que não sabia que o dia 18 era o Dia do Comerciário, e nesta polêmica toda quem saiu perdendo foram os comerciários. A luta continua e a próxima convenção coletiva está vindo aí para negociarmos e vamos ficar mais ativos e prestar mais atenção nestas situações”, concluiu.

Postar um comentário

0 Comentários