Feriado de São João próxima segunda-feira (18) está mantido, diz prefeito

 


Acorda Cidade - O prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins Filho, confirmou, na manhã desta quarta-feira (13), que o decreto que prevê o feriado de São João na próxima segunda-feira (18) está mantido. A declaração ocorreu após manifestações dos trabalhadores do comércio, que ficaram insatisfeitos com a decisão, uma vez que o acordo coletivo da categoria já previa o fechamento do comércio e dos supermercados nesta mesma data, em comemoração ao Dia dos Comerciários.

De acordo com os comerciários, a classe irá perder o feriado do São João. Eles criticaram ainda o prefeito Colbert Martins, por não ter dialogado com o sindicato sobre o assunto. Lembrando que o decreto que estabeleceu o feriado no dia 18 já havia sido alterado. Anteriormente a prefeitura havia optado pelo dia 11 de outubro, véspera de Dia das Crianças, porém revogou o documento, após reclamações da classe patronal, por se tratar do segundo melhor dia de vendas para o comércio durante o ano.

O prefeito Colbert Martins afirmou que acordos coletivos privados não podem ser considerados feriados e, portanto, sua decisão não irá mais sofrer alteração.

“Diferentemente do decreto anterior, a mudança foi feita em decorrência de ser um período comercial importante, como se mostrou ontem, inclusive, acertada a abertura, pela quantidade de pessoas que foram às ruas. De qualquer forma, não há feriados que não sejam públicos. Acordos privados não são feriados, então quem faz seus acordos privados podem refazê-los, mas feriado mesmo só pode decretar quem é gestor público, e esse nós estamos decretando para o dia 18”, salientou.

Ele disse também que está ciente da insatisfação dos comerciários e que recebeu um e-mail do sindicato.

“Os representantes dos sindicatos estiveram na prefeitura na quinta-feira passada, toda a diretoria, e quem esteve com eles foi o secretário Sebastião Cunha. Na hora da decisão, recebi um e-mail do sindicato se posicionando sobre o assunto. Então tenho conhecimento, agora repito que quem decreta feriado é poder público. O setor privado faz acordos, que podem ou não serem refeitos. Mas do ponto de vista nosso, já fizemos essa mudança para a próxima segunda-feira, quando será comemorado o Dia dos Professores e o Dia dos Comerciários”, reiterou.

Postar um comentário

0 Comentários