Empresas investem em formação de desenvolvedores para suprir demanda crescente

 

Número de vagas em tecnologia cresceu 150% só em 2021, mas falta de profissionais qualificados prejudica setor

CNN Brasil - número de vagas no setor de tecnologia cresceu 150% nos oito primeiros meses do ano, na comparação com todo o ano de 2020. O aumento da demanda de profissionais levou a um investimento das empresas na formação de desenvolvedores.

A quarta reportagem da série especial Economia Digital mostra como novas oportunidades surgem para empresas e investimentos por causa das tecnologias de computação digital.

Nas 30 maiores fintechs do país, instituições financeiras tecnológicas, o aumento do número de vagas foi de 466% no primeiro semestre de 2021, em relação ao mesmo período do ano passado.

O mercado de trabalho está crescendo muito na área de tecnologia. No Brasil, são 70 mil novas vagas abertas todos os anos. O problema é que o país forma 46 mil profissionais anualmente. Na prática, significa que a cada 10 oportunidades de emprego, seis são preenchidas — e quatro ficam abertas por falta de alguém qualificado.

A estimativa é que de 2019 até 2024 o Brasil precise de 420 mil novos profissionais no setor de tecnologia da informação e comunicação. Só de janeiro a agosto, foram abertas mais de 147 mil vagas — um aumento de quase 150% em relação ao total de postos de trabalho criados na área em 2020.

A solução para unir quem precisa de emprego a quem procura por talentos está na educação.

Antes da pandemia, o número de matrículas em cursos tecnológicos cresceu 11,5%, entre 2018 e 2019, segundo dados do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) — o maior índice do ensino superior.

O Felipe Martins, ex-aluno da FIAP, conseguiu dar uma virada radical na carreira. Depois de cursos rápidos, de barbeiro ele virou analista de tecnologia.

“Graças ao curso, eu consegui um trabalho na área e estou muito feliz, aprendendo a cada dia mais”, diz.

Postar um comentário

0 Comentários