Retenção de doses da Coronavac pela Anvisa não prejudica vacinação

 

Inconsistência laboratorial ocorreu em lote específico

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) esclarece que a retenção de 12.396 doses da vacina CoronaVac, que foram enviadas a Feira de Santana, não vai prejudicar a imunização da população.

Além de Feira, outros municípios baianos foram acionados para que devolvam à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) doses do imunizante após a constatação de inconsistências em dados laboratoriais.

A SMS observa que o erro aconteceu em um lote específico e a vacina permanece autorizada para ser aplicada no Brasil.

“Mesmo com a suspensão temporária e redução no estoque, não a vacinação não será interrompida”, assegura o secretário municipal de Saúde, Marcelo Britto.

O titular da pasta ainda esclarece que a aplicação da dose de reforço em idosos a partir de 70 anos também não será interrompida, uma vez que é feita com a Pfizer.

Postar um comentário

0 Comentários