Programa Educação para Mobilidade Consciente será levado às escolas municipais

 

Inicialmente o programa de educação no trânsito será implementado em seis escolas municipais

O município de Feira de Santana aderiu ao Programa EDUCA - Educação para Mobilidade Consciente, iniciativa do Observatório Nacional de Segurança Viária, ONSV, que tem o objetivo de levar a educação no trânsito como tema transversal para os estudantes do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental.

Na tarde desta quinta-feira, 2, a secretária de Educação, professora Anaci Paim, recebeu em seu gabinete o superintendente de Trânsito, Cleudson Almeida, e representantes do Observatório. Eles fizeram a entrega simbólica do material didático do programa.

Inicialmente o programa de educação no trânsito será implementado em seis escolas da Educação Municipal, contemplando aproximadamente 3 mil estudantes do 1º ao 9º ano. Os professores das unidades de ensino envolvidas vão participar de uma capacitação virtual que abordará a temática do programa e os materiais como disciplina transversal. 

As escolas selecionadas para o Educa foram: Centro de Educação Básica da UEFS - CEB; escolas municipais Ana Brandoa; Antônio Alves Lopes; Antônio Gonçalves da Silva; Maria Antônia da Costa; e Padre Giovanni Ciresola. 

“Todos os conteúdos transversais, de cunho pedagógico e de caráter de formação do cidadão, são importantes e podem ser muito bem aproveitados nas nossas escolas. Vamos começar por esse grupo de escolas, com a perspectiva de ampliar o número de estudantes envolvidos no programa”, observa a secretária Anaci Paim.

O encontro desta quinta-feira contou também com as presenças de José Aurélio Ramalho, presidente do Observatório Nacional de Segurança Viária; Adelmo Amorim, da Coordenação de Educação da SMT; Francisco Garonce, coordenador do Projeto Educa; Severino Martins, representante da Editora Martins&Martins; Bianca Cruz, psicóloga de trânsito e membro do suporte do Piloto Educa; Antônio Carlos Nascimento, observador certificado do ONSV; e finalmente a psicóloga Luscilla Lima, chefe da Divisão de Programas e Projetos da Seduc.



Postar um comentário

0 Comentários