'O MDB não pode apoiar alguém que lutou contra minha campanha', afirma Colbert sobre apoio ao PT nas eleições de 2022

 


Durante a visita do ex-prefeito de Salvador e presidente do Democratas, ACM Neto em Feira de Santana na manhã deste sábado (11), participando do movimento 'Pela Bahia', o prefeito Colbert Martins (MDB), destacou que todo apoio nas eleições para governador do estado em 2022, será dado ao pré-candidato soteropolitano.

"Ele [Rui Costa], deve estar conversando com uma parte do MDB aqui na Bahia, mas não é todo o partido, muito menos o MDB do Brasil inteiro, e eu que sou o prefeito da maior cidade do interior da Bahia, nunca fui consultado pelo meu partido sobre este assunto. Portanto, estou com ACM Neto, ele que me ajudou na minha campanha, e o MDB não pode apoiar alguém que lutou contra o prefeito de Feira de Santana, lutou contra o prefeito de Vitória da Conquista, então o meu apoio é com ACM Neto", afirmou.

ACM Neto esteve em Feira de Santana na manhã deste sábado (11), para ministrar um curso de formação política através do movimento ‘Pela Bahia’, que reúne lideranças políticas, trabalhadores e empresários em todo o estado. O curso aconteceu no Auditório da Faculdade Anísio Teixeira (FAT), onde ele também concedeu entrevista à imprensa. O encontro foi promovido pelo secretário municipal de Agricultura, Pablo Roberto.

Sobre o 'Grupo dos 11' na Câmara Municipal, o prefeito informou que permanece conversando com todos os vereadores e informou que todo diálogo está aberto para qualquer discussão de assunto.

"Estamos conversando permanentemente, estamos abertos a todas as alternativas, todos aqueles que se elegeram conosco, tiveram cargos no governo, participaram do governo passado e continuam extremamente próximos para que possamos conversar e continuar com estas conversas. O que tem aqui em Feira de Santana, são três vereadores de oposição, que são a favor do PT e outras na sua grande maioria eventualmente até o segundo turno, acredito que de forma equivocada, lutaram contra mim nas eleições, mas isso tudo é um processo de conversa e estamos abertos para todas as negociações", explicou.

Segundo o prefeito, não há uma razão para que os vereadores possuam um 'ódio'. Para ele, existem divergências e certas determinações estão sendo equivocadas pelos parlamentares.

"Eu não tenho a menor ideia, até porque todos eles estavam conosco no nosso governo nos últimos três anos de governo. Eu não faço política com ódio e estão fazendo coisas equivocadas, erradas e estão indo em um caminho que não é o melhor para o povo de Feira de Santana. Portanto, eles precisam entender que a Câmara precisa sim, ter uma resposta melhor para toda a sociedade e no momento, a prefeitura está fazendo o máximo para que nossa cidade tenha crescimento", enfatizou.

Transporte Público

De acordo com o prefeito Colbert Martins, ainda na próxima semana, será realizada uma reunião com os representantes das empresas Rosa e São João, responsáveis pelo transporte público da cidade. De acordo com ele, o propósito é não deixar o que aconteceu no município de Itabuna, quando a cidade passou 11 meses sem o transporte.

"Estaremos conversando na próxima semana com as duas empresas, para que possam manter o transporte funcionando. Nós temos por exemplo a situação que aconteceu em Itabuna, quando passou 11 meses sem transporte coletivo, então lá em Brasília estamos pedindo ao Governo Federal para que paguem a gratuidade das pessoas acima de 65 anos de idade e ao Estado, nós já solicitamos a redução do ICMS do diesel como aconteceu em Salvador. Nós estamos ajudando as empresas da melhor forma como podemos, sabemos da pressão que ela vem passando, ainda mais com essa questão do aumento de salários, mas o nosso objetivo é manter o transporte aqui na cidade", concluiu.

Fonte: Acorda Cidade


Postar um comentário

0 Comentários