'Eventos de médio porte poderão ser retomados gradativamente em Feira de Santana', afirma secretário

 


No último dia 27 de agosto, foi realizado o primeiro evento-teste da Bahia durante o período de pandemia. Marcado pela chuva e com pouca presença de convidados, o evento promoveu os shows do cantor Gerônimo, da cantora Márcia Castro e dos grupos Afoxé Darajú de Odé e Telefunksoul.

Representando o município de Feira de Santana, o secretário de Cultura Esporte e Lazer, Jairo Carneiro Filho, informou ao Acorda Cidade que o evento foi importante para ser identificado o novo formato de festas que podem acontecer, com o papel fundamental da tecnologia.

Foto: Ney Silva/Acorda Cidade

"Estávamos representando o prefeito nesse evento e o convite partiu também por parte da Associação Brasileira de Eventos. Estivemos juntos com o prefeito Bruno Reis, um momento muito importante onde lá também tive o prazer de encontrar produtores daqui de Feira a exemplo de Dyggs, que sempre tem mantido o contato direto aqui com a nossa secretaria e identificamos um novo formato de festa. A tecnologia que foi aplicada através de sistema de Wi-Fi, através de aplicativo, as pessoas podiam solicitar bebida, comida, ir ao sanitário através do próprio sistema. A gente sabe que foi uma noite chuvosa, muito vento, não teve tanta gente, mas serviu para que nós tivéssemos a impressão do novo formato dessa retomada gradativa com segurança dos eventos, e que no caso, é considerado como evento de médio porte", disse.

Questionado se há possibilidade do município promover um evento-teste na cidade, o secretário explicou que todo o segmento da cultura e entretenimento está dialogando junto à secretaria, para que no momento certo, os eventos possam ser retomados.

"Nós estamos conversando diariamente com todos os segmentos envolvidos, principalmente nessa parte de eventos, porque a gente não pode focar apenas em um show, uma festa, mas tem as formaturas, congressos, isso tudo faz parte da dinâmica de um evento. Desta forma, estamos sempre dialogando para que seja possível ter essa retomada gradativa e com segurança aqui em nosso município. A gente sabe que foram os primeiros a pararem no início da pandemia e estão sendo os últimos a retomar com as atividades. Recentemente tivemos a informação da variante Delta e, com isso, o prefeito Colbert Martins vem conduzindo toda essa questão, inclusive colocando Feira como cidade destaque no controle da pandemia aqui no Brasil, portanto, neste momento, ainda devemos manter todos os cuidados para vencer mais um processo", destacou.

Com relação à abertura de centros esportivos, o secretário explicou que a liberação pode acontecer em curto espaço de tempo, mas será avaliado como o município irá se comportar diante da variante Delta.

"Nós temos mais de 140 unidades entre praças e campos. Sabemos que durante todo esse período da pandemia, um ano e meio praticamente, todos os espaços estão sem a devida manutenção, e caso a equipe da secretaria de limpeza pública realizasse o trabalho nesses equipamentos, as pessoas poderiam utilizar de forma indevida. Mas já está em pauta em parceria aí com a Sesp todo o processo de manutenção, e com relação à previsão de liberação, vai depender muito da variante Delta. Esperamos que seja dentro de curto período para que nosso município volte a ter essa prática de atividade", concluiu.

 

Fonte: Acorda Cidade

Postar um comentário

0 Comentários