Centro de Controle Operacional vai otimizar a atuação do governo em áreas essenciais

 

Luziel Andrade destaca que conjunto tecnológico vai auxiliar a Saúde, Limpeza Pública e Transportes

Integrar as forças de segurança, como as polícias Militar e Civil, Guarda Municipal, agentes de trânsito, Polícia Rodoviária Federal (PRF), além do SAMU 192 são missões do novo coordenador do Centro de Controle e Operações (CCO), Luziel Andrade, que pretende otimizar o videomonitoramento no município de Feira de Santana.

Mais de 300 câmeras espalhadas em pontos estratégicos da cidade e na zona rural ajudarão a administração municipal atuar de forma mais efetiva, colaborando com outras secretarias, a exemplo de Serviços Públicos, Transportes e Trânsito, Educação e Saúde.

“Vamos trabalhar com base em um georreferenciamento na cidade para que possamos subsidiar o poder público com informações que respondam às demandas da população com celeridade”, explica coronel Luziel.

Segundo o gestor, foi iniciado o trabalho de substituição de câmeras instaladas em pontos estratégicos do município por modernos equipamentos com tecnologia OCR [Optical Character Recognition].

“Estas câmeras permitem o reconhecimento facial de infratores e possibilitam a leitura de placas de veículos, auxiliando na identificação de automóveis roubados”. Os ajustes realizados nestes equipamentos também são feitos com a colaboração de relatórios fornecidos pela PM.

Luziel Andrade destaca que guardas municipais e agentes de trânsito estão atuando de forma gradual no novo CCO, monitorando as principais vias de acesso à cidade, capturando imagens e testando o conjunto tecnológico disponível.

O coordenador acrescenta que uma sala de gestão de crise com monitores de acompanhamento em tempo real e o sistema Fala Feira 156 estão em fase final de implantação.

Vale lembrar que Feira está integrada ao grupo dos 827 municípios brasileiros do Programa Alerta Brasil, da PRF.



Postar um comentário

0 Comentários