Messi se despede do Barcelona em meio a lágrimas e indica negociação com PSG

 Lionel MessiSegundo ele, "esse é o momento mais difícil de sua carreira como jogador"; Messi não descarta ida ao PSG. Foto: Eric Alonso/Getty Images


O jogador Lionel Messi se despediu de vez do Barcelona na manhã deste domingo (8), após cerca de 20 anos jogando com a camisa do time, em uma coletiva de imprensa regada a lágrimas. Messi, de 34 anos, afirmou que a saída "é muito difícil", e que "deve continuar melhorando".
 

"Tentei me comportar com humildade e respeito e espero que seja isso o que resta de mim quando eu deixar o clube", disse ele. Na entrevista, centenas de fãs vestiam a camisa de número 10 de Messi e se aglomeravam do lado de fora do estádio Camp Nou do Barça para despedir-se do melhor jogador do mundo. 


Segundo ele, "esse é o momento mais difícil de sua carreira como jogador". "Tive muitos momentos difíceis, muitas derrotas, mas sempre com outra chance. Hoje não. Hoje tenho que sair", afirmou. 

O jogador afirmou que "fez de tudo" para continuar jogando no Barcelona, mas que o "clube precisava fazer algo para não ficar endividado". Estimativas apontam que o salário do atacante no time era de € 71 milhões. Messi afirma que ofereceu reduzir seu salário em 50%, mas o clube disse que "nem assim seria possível" mantê-lo.

Messi também aproveitou a coletiva para indicar uma provável negociação com o PSG, time no qual o ponta-esquerda Neymar joga há quatro anos e o atacante francês Mbappé. Segundo Messi, as palavras de Joan Laporta, presidente do Barcelona, resumem bem a situação.

"A realidade é que quando as eleições (para presidência, no começo do ano) aconteceram fui jantar com o presidente e conversamos. Depois daquela refeição eu estava bastante convencido de que ia continuar, que íamos consertar", disse. "Meu contrato nunca foi um problema. Então o que aconteceu, aconteceu. Não poderia ser feito e é isso. Já sabíamos o que tínhamos decidido e planejado fazer. Não eram esperanças falsas. Estávamos todos convencidos de que seria possível ficar. Fomos sempre honestos com as pessoas. Da minha parte, nunca enganei ninguém", completou.

Mas, segundo ele, foi-se dada "muita importância" à foto recentemente publicada com os jogadores do clube de Paris. "Me encontrei com Di Maria e Paredes após a Copa América. Também chamei Neymar, meu amigo, queria encontrá-lo em Ibiza. Saímos, comemos juntos e tiramos uma foto. Apenas a foto de um momento. Foi totalmente casual. Se dá muita importância a foto, que foi apenas um momento de férias", disse. 

Messi decidiu deixar o Barcelona
Messi decidiu deixar o Barcelona. Foto: Manu Fernandez/Reuters

O último contrato de Messi foi assinado em 2017 e ganhou o título de mais lucrativo do mundo dos esportes, segundo uma reportagem do jornal El Mundo. Messi também é o segundo atleta com o maior salário em 2021, recebendo um total de US$ 130 milhões. E, segundo o site Transfermarkt, o valor de mercado do jogador é de 80 milhões de euros atualmente — são mais de R$ 493 milhões. 

Ao todo, ele ganhou 35 títulos no clube. Em nota, o Barcelona afirmou que "ambas as partes lamentam profundamente que os desejos do jogador e do clube não sejam atendidos".


Fonte: CNN Brasil

Postar um comentário

0 Comentários