Feira pode adotar serviço de disparos de whatsapp para avisar retardatários sobre vacinação contra a covid

 


O prefeito Colbert Martins informou nesta sexta-feira (20), durante visita do secretário de saúde de Salvador, Leo Prates, a Feira de Santana, que o município já alcançou cerca de 420 mil pessoas do público-alvo com a primeira dose contra a covid-19, porém para a tomada da segunda dose os números não chegam a 170 mil.

De acordo com o prefeito, a visita do secretário Léo Prates ocorreu justamente para troca de ideias, a fim de se buscar soluções para algumas dificuldades encontradas no processo de vacinação.

“Nós estamos aqui trocando informações. Fazemos isso com frequência por telefone. Quando nós tivemos algumas dificuldades com relação à parte de informação, a parte de produção de dados, foi exatamente a Secretaria de Saúde de Salvador que nos ajudou e a gente troca informações a respeito da atuação de cada um”, informou o prefeito, em entrevista ao Acorda Cidade.

Uma das ideias levantadas durante o encontro é a possibilidade de Feira de Santana contratar por meio de licitação um serviço de disparos de whatsapp para informar às pessoas com antecedência sobre o prazo da aplicação da segunda dose do imunizante.

Foto: Paulo José/ Acorda Cidade

“Estamos fazendo com uma parte desse pessoal, chamando para a matrícula de crianças e vamos fazer exatamente como foi em Salvador, vamos fazer essa contratação de mensagens de whatsapp, informando às pessoas pra elas não esquecerem de tomar a segunda dose da vacina. Nós não conseguimos ainda atingir 30% da dose completa”, destacou Colbert Martins.

Ele ressaltou que apesar da faixa etária da vacinação já ter alcançado pessoas a partir de 20 anos, ainda têm muitos idosos que ainda não foram se vacinar.

“Já estamos na faixa dos 20 anos, mas tem pessoas com 60, 70 que dizem que estão pensando em vacinar agora, mas antes tarde do que nunca. Fico alegre com a quantidade de jovens que estão indo se vacinar, isso me surpreendeu, mostrando que as pessoas mais jovens têm sim responsabilidade.”

Recorde de vacinação

O secretário de Saúde de Salvador, Léo Prates, tem comemorado os resultados que o serviço de disparos de whatsapp tem trazido para a vacinação em Salvador. De acordo com ele, foi feita uma licitação para contratar 50 milhões de disparos, e por conta disso na última semana a capital bateu recorde na aplicação de doses, com 45 mil pessoas vacinadas em um só dia.

“Nós já temos cerca de 10 dias utilizando esses disparos. É uma ata de registro de preço e nós só pagamos o que foi enviado efetivamente. Estamos utilizando primeiro para os retardatários. Temos cerca de 90 mil pessoas que não foram se vacinar e que já estão habilitadas. Então a gente dispara pedindo a essas pessoas que vão se vacinar. Assim como temos 49 mil de segundas doses. Além disso, amanhã vou abrir para pessoas de 18 anos ou mais em Salvador, então já avisa que estão habilitadas para vacinar. Então estou tanto fazendo a busca ativa de pessoas que não foram vacinadas. Por causa desses disparos essa semana nós batemos recorde da vacinação, foram 45 mil pessoas em um dia”, declarou o gestor.

Fonte: Acorda Cidade

Postar um comentário

0 Comentários