Feira de Santana deve vacinar adolescentes com comorbidades nos próximos dias

 


Feira de Santana deve iniciar nos próximos dias a vacinação para adolescentes entre 12 e 17 anos que possuam comorbidades, deficiência permanente, que estejam gestantes e puérperas. De acordo com o secretário de Saúde, Marcelo Britto, a vacinação do público em geral, de pessoas acima de 18 anos, já está próxima de ser finalizada.

“Houve uma reunião de gestores da área de saúde e foi definido que os adolescentes inicialmente com comorbidades vão poder tomar a vacina após o encerramento da vacinação das pessoas com 18 anos. Está na nossa previsão. Já nos aproximamos rapidamente da finalização da vacinação do grupo normal e todos os demais. Hoje pela manhã estivemos na Universidade Estadual de Feira de Santna (Uefs) e a fila estava no módulo 2, bem menor que a de ontem. Isso é a sinalização de que já estamos nos aproximando do final da vacinação das pessoas com 18 anos e vamos vacinar os adolescentes com comorbidades”, afirmou o secretário.

Em relação ao estoque de vacinas, Marcelo Brito afirmou que nesta quinta-feira (26) há aproximadamente 3.500 de vacinas para primeira dose, e possivelmente devem acabar entre hoje e amanhã.

Terceira dose

O secretário Marcelo Britto informou ainda que assim como em todo o Brasil, Feira de Santana já está se preparando para aplicação da terceira dose nos idosos a partir de 70 anos. A Secretaria de Saúde aguarda, no entanto, a liberação de uma nota técnica informando como se dará o processo.

“Feira de Santana vai fazer essa vacinação também de idosos a partir de 70 anos, mas aguardamos ainda a nota técnica com orientações sobre a vacina, como o público-alvo, como será a diluição, regras que o profissional de saúde tem que seguir pra aplicar nesse público”, explicou.

Ele orientou ainda a população a baixar gratuitamente o aplicativo Conect SUS do governo federal para acompanhar os dados da vacinação.

“O conect SUS é um aplicativo do SUS, do governo federal, qualquer pessoa pode baixar, é gratuito. É só se cadastrar colocar uma senha e as pessoas poderão ter acesso à sua vacina, com o seu nome, data de realização, o lote e qual tipo de vacina foi aplicada”, disse. 

Postar um comentário

0 Comentários