Em Jaguara, Prefeitura auxilia pequenos agricultores na produção de silagem

 

Secretário Pablo Roberto destaca que apoio garante produção de leite o ano inteiro

A Prefeitura de Feira de Santana, através da Secretaria de Agricultura, Recursos Hídricos e Desenvolvimento Rural (Seagri), vem incentivando agricultores do município a garantir a alimentação do gado, durante a estiagem, através da produção de silagem – este é um dos componentes mais importantes na alimentação de bovinos. Em período de seca pode substituir o pasto.

O povoado Sete Portas, em Jaguara, foi uma das primeiras localidades atendidas pelo Governo Municipal. Foram fornecidos ensiladeiras e máquinas necessárias para colheita do milho e armazenamento da silagem. 

O produtor Silvio Cleber, da comunidade da Roça da Serra, e presidente da Associação Portal da Princesa, afirma que o suporte que a Prefeitura tem oferecido é essencial. Atualmente, fazem parte desta associação 30 pequenos produtores rurais. Juntos produzem mais de mil litros de leite por dia.

“Sem a silagem, o gado morre e não tem como sobreviver na seca. Agora é possível a gente se preparar e não é apenas não deixar o gado morrer. Temos a garantia de que o bovino vai produzir no período de estiagem”, afirma.

AUXÍLIO

Para Pablo Roberto, secretário de Agricultura, é necessário o auxílio do poder público para que a produção dure o ano inteiro, pois o volume de leite produzido abastece o mercado da região.

“Aqui se torna inviável pequenos agricultores manterem o custo para maquinário próprio, por isso têm recebido apoio, incentivo e melhores condições para dar continuidade, e alavancar a produção do leite na zona rural”, diz o secretário.

A Seagri, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar Bahia), almeja ainda potencializar as atividades na produção do leite por meio de cursos e acompanhamento técnico.



Postar um comentário

0 Comentários