Temperatura chega a -14,8° C no Parque Nacional do Itatiaia, no Rio de Janeiro

 Parque Nacional do ItatiaiaA paisagem ficou predominantemente branca após madrugada gelada no Parque Nacional do Itatiaia. Foto: Divulgação/Parque Nacional do Itatiaia


A madrugada foi de recorde de frio no Rio de Janeiro. Na madrugada, foi registrada a temperatura de -14,8° C, na Estação do Campo Belo, no Parque Nacional do Itatiaia, uma área que fica a 2.440m de altitude, no Sul Fluminense. O registro ocorreu às 5h.

A temperatura é a mais baixa do ano em todo o país e pode ser também a menor de toda a série histórica da unidade, o que ainda será confirmado pela chefia do parque. O município faz divisa com Minas Gerais e São Paulo.

Em outro ponto do parque, na estação do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a temperatura mais baixa registrada foi de -9,9ºC. As duas estações estão em altitudes semelhantes, mas com geologias diferentes. Pela manhã, as imagens do parque e dos arredores mostram uma paisagem predominantemente branca. De acordo com o chefe do parque, o coronel Luiz Aragão, não houve neve, mas geada.

Parque Nacional do Itatiaia
A temperatura pode ser a menor já registrada no Parque. Foto: Divulgação/Parque Nacional do Itatiaia

“É a temperatura mais baixa do país. No Sul nevou, mas a temperatura foi mais alta. Nós temos duas estações, a do Inmet é próxima a uma das portarias, e a outra é nossa, mais para dentro do parque, perto da nascente do rio Campo Belo, que fornece água para Itatiaia. O orvalho congelou e virou geada”, afirmou à CNN.

A paisagem branca foi pôde ser vista nas primeiras horas da manhã nas montanhas, nas árvores e nos campos do parque. O frio chegou a congelar também as superfícies dos lagos da unidade federal de conservação.

Parque Nacional do Itatiaia
Frio não causou neve, mas sim geada. Foto: Divulgação/Parque Nacional do Itatiaia

A queda na temperatura é produto de uma frente fria, mas o inverno pode ser o mais frio dos últimos anos, de acordo com o Inmet. Isto porque uma massa de ar frio vinda do hemisfério Norte atravessou a linha do Equador, um fenômeno atípico, com potencial para reduzir as temperaturas mais do que o padrão da estação.

Fonte: CNN Brasil

Postar um comentário

0 Comentários