Covid-19: Brasil tem 525,1 mil mortes e 18,7 milhões de casos

 

Número de recuperados é de 17,15 milhões de pessoas

O número de vidas perdidas em função da covid-19 alcançou 525.112. Em 24 horas, as autoridades de saúde registraram 695 novos óbitos em decorrência da doença. A quantidade de casos de covid-19 desde o início da pandemia chegou a 18.792.511. Entre ontem e hoje, as autoridades de saúde registraram 22.703 novos casos da covid-19.


Até esta segunda-feira (5) havia 1.115.726 casos em acompanhamento. O nome é dado para pessoas cuja condição de saúde é observada por equipes de saúde e que ainda podem evoluir para diferentes quadros, inclusive graves. O número de pessoas que se recuperaram da covid-19 somou 17.151.673.

A atualização diária do Ministério da Saúde foi divulgada no início da noite desta segunda-feira (5). O balanço é elaborado a partir de informações levantadas por secretarias estaduais e municipais de Saúde.

Estados

O balanço diário do Ministério da Saúde também traz os dados por estado. No alto do ranking de mais mortes por covid-19 estão São Paulo (129.675), Rio de Janeiro (56.039), Minas Gerais (47.120), Rio Grande do Sul (31.761) e Paraná (31.529). Na ponta de baixo estão Roraima (1.756), Acre (1.757), Amapá (1.852), Tocantins (3.262) e Alagoas (5.416).

São Paulo também lidera no número de casos, com 3.790.090, seguido por Minas Gerais (1.828.904) e Paraná (1.305.082). Os estados que tiveram menor número de registros positivos de covid-19 foram Acre (85.983), Amapá (117.927) e Roraima (113.568). 

Situação epidemiológica da covid-19 no Brasil
Situação epidemiológica da covid-19 no Brasil - 05/07/2021/Divulgação/Ministério da Saúde

Vacinação

Conforme os dados mais recentes do painel do Ministério da Saúde sobre a operacionalização da campanha de imunização contra a covid-19, até o momento foram entregues aos estados 143,2 milhões de doses, com 105,4 milhões de doses aplicadas, sendo 77,7 milhões da 1ª dose e 27,6 milhões com a 2ª dose e dose única.

Edição: Fábio Massalli


Fonte: Agência Brasil

Postar um comentário

0 Comentários