Acusado de estuprar as duas enteadas de 11 anos é preso por policiais civis

 


Durante a operação Anjo Liberto, policiais civis da Delegacia para o Adolescente Infrator (DAI/Núcelo Derca) cumpriram, nesta sexta-feira (16), um mandado de prisão preventiva contra um homem de 40 anos de idade acusado de praticar o crime de estupro de vulnerável contra as enteadas, que são duas crianças, irmãs, de 11 anos.

A polícia informou que o fato foi denunciado na delegacia no dia 07 de junho deste ano, e que logo foram iniciadas as investigações.

“ Após colecionar indícios de autoria e materialidade contundentes acerca do fato, foi feita representação pela prisão preventiva do suspeito, a qual foi acatada pela Justiça”, informa a ocorrência policial divulgada pela DAI.

Consta da investigação que as enteadas do investigado vinham sofrendo abusos sexuais há meses, sendo que os últimos ocorreram no dia 02 de junho.

De acordo com a polícia, o homem já respondeu a outro inquérito policial no Núcleo Dercca desta cidade pelos crimes de estupro (Art. 213 do CP) e estupro de vulnerável (Art. 217-A do CP), tendo como vítima uma adolescente, o qual foi indiciado por tais delitos no ano de 2018 e o procedimento encaminhado à Justiça.

Após a prisão realizada hoje, o preso se encontra à disposição da 1ª Vara Criminal desta Comarca. Por conta da situação, as duas meninas foram encaminhadas para acompanhamento psicológico.

Postar um comentário

0 Comentários