Vacinação aos sábados permite avanço da imunização contra a Covid

 

São mais de 150 mil doses aplicadas em Feira de Santana

Jorge Evangelista tem 55 anos, é hipertenso e diabético. Por isso, faz parte do grupo de pessoas com comorbidades inseridas na campanha de vacinação contra a Covid-19 em Feira de Santana. Compareceu cedo para receber a primeira dose na Unidade de Saúde da Família (USF) da Rua Nova — uma das 21 designadas para vacinação neste sábado, 8.

“Me sinto muito alegre e feliz com este momento que estão proporcionando. A emoção é grande que nem consigo esconder as lágrimas”, disse emocionado.

Grávidas, puérperas (até 45 dias pós parto) e lactantes (aleitamento materno exclusivo até os seis meses) com comorbidades (maiores de 18 anos), pessoas com deficiência intelectual moderada e severa, incluindo autistas, acima de 54 anos, trabalhadores da Educação também receberam a primeira dose da vacina.

A UniFTC, localizada na avenida Artêmia Pires, que tem sido parceira da Prefeitura de Feira durante a campanha de vacinação também foi um dos locais designados para a vacinação destes públicos. As doses foram aplicadas por ordem de chegada, sem a necessidade do agendamento, das 8h às 12h.

Ao todo, o Município já aplicou 157.773 doses — sendo que desse total 54.537 são pessoas que completaram o esquema de vacinação, ou seja, receberam as duas doses da vacina.



Postar um comentário

0 Comentários