Pessoas com Síndrome de Down e transplantados recebem primeira dose da vacina contra a Covid-19

 


Acorda Cidade - A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Feira de Santana, iniciou na manhã deste sábado (1º), a vacinação da primeira dose da vacina contra a Covid-19, para as pessoas com Síndrome de Down (com 18 a 59 anos) e pacientes transplantados.

00:04/00:59

A imunização que teve início às 8h, aconteceu em quatro Unidades Básicas de Saúde, (UBSs) específicas, no Cassa, Caseb I, Irmã Dulce e Baraúnas.

Em entrevista ao Acorda Cidade, a professora Zenaide Costa da Silva, informou que estava acompanhando a filha, Samara da Costa Silva, de 38 anos de idade para receber o imunizante. Segundo ela, este dia é bastante celebrado pois há muito tempo, já estavam no aguardo da vacinação.

Foto: Ney Silva/Acorda Cidade

"Hoje é um dia que tanto eu, quanto ela, estávamos esperando. Mesmo diante de todas as prevenções, essa vacinação já era para ter começado há bastante tempo. A imunidade dessas pessoas é baixa, então já era para ter entrado entre os grupos prioritários, pois a vacina é importantíssima", disse.

Ainda segundo a professora, mesmo com a primeira dose aplicada, as medidas de segurança na prevenção contra o vírus, serão mantidas.

"A gente pouco sai e ela também sempre ficou em casa tomando os devidos cuidados, fazendo uso do álcool em gel e até mesmo na hora de dormir, continuava com a máscara. Precisamos ter esperança de ficarmos seguros com essa vacinação", afirmou.

O engenheiro eletricista Aridelson Gomes, também estava na Unidade Básica de Saúde do bairro Baraúnas acompanhando a filha, Ariadna Gomes, de 33 anos de idade. De acordo com ele, o dia estava sendo tão esperado, que Ariadna ficou emocionada antes de ser vacinada.

"Esse é um momento que já era esperado, mas infelizmente as coisas aqui do Brasil não funcionam de forma rápida. Ela estava muito emocionada pois esse é uma bastante especial, seja para ela, seja pra gente e mesmo com a Síndrome de Down, ela sempre manteve todos os protocolos com medo do vírus", disse.

Foto: Ney Silva/Acorda Cidade

De acordo com a enfermeira e coordenadora da Unidade, Ayslane da Hora, cerca de 500 doses foram destinadas para serem aplicadas neste sábado, e a grande expectativa, é que as pessoas se dirijam até as Unidades para receberem o imunizante.

"As pessoas começaram a chegar aqui por volta de 7h40 e até então, está tudo tranquilo organizando o fluxo de atendimento. Recebemos da secretaria de Saúde, 500 doses da vacina AstraZeneca/Oxford e estamos com a expectativa de utilizar todos os imunizantes nesta manhã", disse a enfermeira ao Acorda Cidade.

Foto: Ney Silva/Acorda Cidade

Ainda segundo Ayslane, as pessoas que receberam a primeira dose neste sábado, devem retornar no dia 23 de julho, quando completa o ciclo de 12 semanas.

"A gente vai ficar aqui atendendo ao público até às 12h, mas caso ainda tenha pessoas para serem vacinadas, a gente pode ultrapassar esse horário. Os familiares e responsáveis precisam trazer documento de identificação, relatório médico e comprovante de residência e como a vacina aplicada hoje foi da AstraZeneca, a segunda dose está prevista para o dia 23 de julho", concluiu.

Foto: Ney Silva/Acorda Cidade

Postar um comentário

0 Comentários