Feira de Santana registra saldo positivo de emprego

 

Casa do Trabalhador intermediou 555 vagas

Feira de Santana mantém saldo positivo com 2.907 contratações de emprego até abril conforme dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED).

 

balanço aponta 14.642 novas vagas e 11.735 desligamentos. Somente este ano, a Casa do Trabalhador já intermediou 555 vagas. As mais comuns, segundo Fábio Souza, diretor do órgão, são para conferente, áreas de vendas internas e externas, repositor de mercadorias, agentes de portaria e balconista. “A depender da demanda das empresas, conseguimos encaminhar até 20 pessoas por dia”, explica.

Ao todo, 109 pessoas foram contratadas, e cinco dessas vagas direcionadas à Pessoa com Deficiência (PCD). Porém, o diretor afirma que ainda é comum a falta de preparo do concorrente.

“Ofertamos qualificação e requalificação às pessoas, mas suspendemos temporariamente devido à pandemia. Após melhorar as condições sanitárias do país, retornaremos com a oferta de cursos”.

Paulo Silva de Moura, formado em Ciências Contábeis, em busca de emprego, estava se cadastrando para concorrer na vaga de auxiliar administrativo. “Tenho esperança de conseguir, pois preciso voltar ao mercado de trabalho urgente”, afirmou.

O órgão municipal também funciona como espaço de colhimento para o trabalhador. Todos os cuidados necessários estão sendo adotados, como álcool em gel na portaria de acesso e o distanciamento com demarcação de cadeiras para garantir a segurança no momento de cadastro do cidadão.

A Casa do Trabalhador funciona de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 15h30, na Rua Castro Alves, 431, no Centro de Feira de Santana. Os contatos são: (75) 3603-2000 e/ou e-mail: casadotrabalhador@pmfs.ba.gov.br

Ouça aqui o podcast.



Postar um comentário

0 Comentários