Acabou a vacina para primeira dose de trabalhadores da Educação

 

Município depende da chegada de uma nova remessa

A Secretaria Municipal de Saúde informa que acabou o estoque de vacina contra a Covid para aplicação da primeira dose em trabalhadores da Educação. O município de Feira de Santana está dependendo de uma nova remessa, que será enviada pelo Governo Federal, sem previsão de chegada. Sendo assim, não terá vacinação na UniFTC, na avenida Artêmia Pires, nesta quarta-feira, 12.

Os outros grupos prioritários (veja relação abaixo) estão sendo vacinados nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e no Centro de Saúde Dr. Leone Coelho Lêda (CSE). Vale lembrar que o fluxo de vacinação é dividido por data de nascimento. Das 8h às 12h estão sendo vacinados aqueles que nasceram entre os meses de janeiro a junho. Das 13h às 17h os que nasceram nos últimos seis meses do ano.

Veja abaixo o esquema de vacinação:

Idosos 

Idosos, a partir de 60 anos continuam com a vacinação em primeira e segunda dose, nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs). É necessário apresentar documentos pessoais e comprovante de residência.

Trabalhadores da Saúde

A aplicação da primeira e segunda dose da vacina contra a Covid-19 para trabalhadores da Saúde continua sendo realizada, exclusivamente, na Unidade Básica de Saúde do CSU (Centro Social Urbano), no bairro Cidade Nova. Para ser vacinado é necessário comprovar o vínculo de trabalho em uma instituição de saúde, apresentando algum documento. Os autônomos devem levar uma autodeclaração que comprovem sua atuação na área.

Além disso, outros documentos como identidade original com foto, CPF e comprovante de residência também são essenciais.  São considerados trabalhadores da saúde aquelas pessoas que atuam em clínicas, consultórios e entre outros locais que oferecem serviços de saúde.

Síndrome de Down e pacientes transplantados

Transplantados e pessoas com Síndrome de Down – ambos entre 18 e 59 anos - podem ser vacinados contra Covid-19. Para receber a dose, é necessário apresentar receita ou relatório médico, RG, CPF e comprovante de residência.

A vacinação para este público será realizada exclusivamente em quatro Unidades Básicas de Saúde (UBSs), são elas: Cassa, Caseb 1, Irmã Dulce e Baraúnas, das 8h às 17h.

Comorbidades

Pessoas com comorbidades e pessoas com deficiência intelectual moderada e severa, incluindo autistas – Todos com idade entre 45 e 59 anos - podem ser vacinados contra Covid-19. Para receber a dose, é necessário apresentar receita ou relatório médico, RG, CPF e comprovante de residência.

No caso das pessoas com deficiência intelectual moderada e severa, incluindo autistas, é necessário apresentar cópia do laudo que atesta o comprometimento de saúde e o comprovante de que é beneficiário do BPC - Benefício de Prestação Continuada.

A vacinação para este público será realizada nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), das 8h às 17h.

Anemia falciforme

Pessoas com anemia falciforme, entre 45 e 59 anos, podem receber a primeira dose da vacina contra a Covid-19. A vacinação para quem possui anemia falciforme será realizada nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs). É necessário apresentar relatório médico, RG, CPF e comprovante de residência.

HIV/Aids

Pessoas que convivem com o HIV/Aids, maiores de 18 anos, podem receber a primeira dose da vacina contra a Covid-19, no Centro de Referência Dr. Leone Coelho Lêda (CSE) e nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), das 8h às 17h. É necessário levar atestado médico ou receita com medicação contínua, RG, CPF e comprovante de residência.

Postar um comentário

0 Comentários