Ministério Público do Trabalho abre inquérito para apurar contaminação de servidores da Câmara pela covid-19

 



O Ministério Público do Trabalho (MPT) abriu nesta quarta-feira (31), um inquérito para apurar a contaminação de servidores da Câmara Municipal pela covid-19. A promotora Annelise Fonseca Leal no uso das suas atribuições legais, determinou que seja investigado os trabalhadores suspeitos e infectados em ambiente de trabalho, afim de adotar medidas administrativas e judiciais.

A Casa da Cidadania divulgou nesta quarta a suspensão da sessão legislativa, após mais da metade dos servidores apresentarem resultados reagentes (positivos) para a doença. As sessões estão previstas para retornarem na próxima segunda-feira (5).

Postar um comentário

0 Comentários