Hospital da Mulher já realizou mais de treze mil atendimentos ambulatoriais

 

Consultas e exames preventivos são os mais procurados

Mais de 13 mil pacientes já utilizam os serviços especializados ambulatoriais do Hospital Inácia Pinto dos Santos, o Hospital da Mulher, somente nestes três primeiros meses do ano.

Entre os novos serviços mais requisitados, o teste do olhinho, com agendamento feito na própria unidade, e o de uroginecologia - com marcações via Central de Regulação - incluem fisioterapia pélvica na prevenção, diagnóstico e tratamento de problemas relacionados ao útero, reto, intestino, bexiga e região do baixo abdômen das mulheres.

Segundo Gilberte Lucas, diretora presidente da Fundação Hospitalar de Feira de Santana (FHFS), vale ressaltar que serviços de referência em psicologia infantil, como diagnósticos de Autismo, suspeita diagnóstica de TDAH e adolescentes com sinais e sintomas de quadro depressivo, ideação suicida e automutilação, mantiveram o ritmo de procura – sendo 352 atendimento a crianças, a partir de 2 anos, e adolescentes até 15 anos. 

“As marcações são feitas seguindo recomendações da Vigilância Sanitária e os profissionais atendem de forma presencial por blocos de horário, evitando aglomerações em salas de espera”, explica.

A Prefeitura de Feira também implementou na unidade hospitalar novas tecnologias da informação, como o prontuário eletrônico, otimizando o registro de dados assistenciais no setor ambulatorial. 

O processo eletrônico seguro facilitou também a entrega de exames laboratoriais e de imagem, pela internet, ao paciente. Basta acessar com senha e cadastro próprios.



Postar um comentário

0 Comentários