Cabeleireira afirma à polícia que Monique ligou para Henry após suposta agressão

 Henry Borel ao lado da mãe, Monique MedeirosO menino Henry Borel ao lado da mãe, Monique Medeiros; polícia investiga ela e padrasto, o deputado Dr. Jairinho, pela morte da criança. Foto: Reprodução/CNN Brasil


Uma funcionária do salão de beleza que costumava ser frequentado por Monique Medeiros, mãe do menino Henry, prestou depoimento na última quarta-feira (14), na delegacia da Barra da Tijuca, zona oeste do Rio.

Segundo o termo de declaração aos investigadores, obtido pela CNN, a cabeleireira contou que a cliente fez uma chamada de vídeo com o filho enquanto estava sendo atendida. A criança, chorando, teria dito: “mãe, eu te atrapalho? O tio disse que te atrapalho”. Monique, então, de acordo com o relato, teria dito que não. Durante a conversa, o menino teria, ainda, pedido para a mãe ir para casa e a mãe perguntou o que teria acontecido. A cabeleireira afirmou não lembrar a frase exata, mas a criança disse que “o tio bateu” ou “o tio brigou”.

Na declaração aos investigadores, a cabeleireira contou que, então, a babá filmou o menino andando para mostrar que ele mancava. Monique, de acordo com o relato, perguntou o que tinha acontecido e a funcionária (Thayná de Oliveira) respondeu que não viu porque a porta estava trancada.

Em depoimento à polícia, a cabeleireira disse ainda que se afastou da cliente e quando voltou, percebeu que ela estava agitada. Em outra ligação telefônica, ela conta que Monique teria dito “você nunca mais fale que meu filho me atrapalha, porque ele não me atrapalha em nada”. A funcionária do salão disse aos investigadores se lembrar de mais um trecho da conversa, em que Monique disse “você não vai mandar ela embora, porque se ela for embora, eu vou embora junto, porque ela cuida muito bem do meu filho. Ela não fez fofoca nenhuma, quem me contou foi ele”. Segundo o termo de declaração à polícia, a funcionária do salão contou que ouviu ainda a cliente dizendo aos gritos “quebra, pode quebrar tudo mesmo, você já está acostumado a fazer isso”.

Fonte: CNN Brasil

Postar um comentário

0 Comentários