Brasileiro pode viajar sem restrições para apenas 7 países

 Afeganistão, Albânia e Costa Rica estão entre os destinos com baixa ou nenhuma restrição ao viajante do Brasil. Mariana Belley, da CNN. (Foto: Getty Images)


CNN Brasil - Com mais de 3.000 mortes por dia por Covid-19 e superação de 380 mil óbitos desde o começo da pandemia, o Brasil ainda enfrenta duras barreiras para ingressar em países pelo mundo. Somente 7 destinos possuem restrições leves (quando não é necessário fazer quarentena) à entrada de viajantes brasileiros. São eles: Afeganistão, República Centro-Africana, Albânia, Costa Rica, Macedônia do Nortes, Nauru e Reino de Tonga.

Por exemplo, a Costa Rica exige o preenchimento de um formulário, o “Pase de Salud”, que deve ser completado antes da partida do voo, seguro-viagem com cobertura de custos de tratamento ao Covid-19, entre outras obrigatoriedades; Já a República Centro-Africana pede exames médicos aos passageiros e tripulação. As informações são da Skyscanner, empresa que oferece serviço de compra de passagens, e da Iata, Associação Internacional de Transporte Aéreo.

O levantamento aponta ainda que 101 países impuseram restrições moderadas, em que viajar é possível caso o turista atenda a alguns requisitos de entrada, que podem incluir teste de Covid-19 e/ou quarentena na chegada e/ou no retorno do país. Bolívia, Paraguai, México, Irlanda, Coreia do Sul e Egito são alguns deles.


117 é o número de destinos com bloqueios fortes, ou seja, pessoas partindo do Brasil estão com a entrada suspensa. Só será permitida o ingresso no caso de cidadãos e/ou se o viajante atender a requisitos rígidos. Dentre esses destinos estão Estados Unidos, Canadá, Argentina, Venezuela, Peru, Chile, Austrália, França, Espanha, Itália.


As ilhas Seychelles, que no final de março de 2021 haviam anunciado a abertura de suas fronteiras ao mundo todo, revela que, desde o dia 20 de abril, está com novas restrições para a entrada de visitantes internacionais devido ao aumento global do surto de coronavírus. O Brasil foi adicionado à lista de países proibidos. As informações são da Autoridade de Saúde Pública de Seychelles.


Os viajantes brasileiros só terão a entrada autorizada nas ilhas após permanecerem em quarentena por, pelo menos, 14 dias em um país com entrada permitida no destino e comprovarem a estadia neste outro país durante todo o período. Além disso, brasileiros terão que apresentar o teste PCR negativo para a Covid realizado em até 72 horas antes do embarque.


Obrigações atualizadas. Para acompanhar as últimas notícias sobre as restrições de viagens para brasileiros no exterior, o site do Ministério das Relações Exteriores mantém uma listagem.

Postar um comentário

0 Comentários