Seduc vai implantar 330 salas multimídias para suporte às aulas não presencial

 

Estudantes vão ser atendidos em horários pré-estabelecidos

Na retomada das aulas na Rede Municipal, os estudantes que não dispõem de recursos digitais em casa – entre os quais, computador, notebook ou celular – e têm dificuldade de conectar-se à internet terão acesso a 330 salas multimídias que já estão sendo montadas nas 206 escolas da Rede Municipal de Educação, distribuídas entre a sede e os oito distritos.

As salas multimídias serão equipadas com dois mil chromebooks adquiridos recentemente pela Prefeitura de Feira de Santana e cerca de 1.100 computadores.

“A quantidade de salas multimídias por escola está definida de acordo com a matrícula e o porte da unidade de ensino”, explica a secretária de Educação, professora Anaci Paim. “Algumas escolas terão até cinco salas”.

Os espaços vão funcionar diariamente para atender aos estudantes, com a garantia de suporte para o acesso às tecnologias da educação. Os alunos vão ser acompanhados pelos funcionários da escola durante o tempo em que permaneçam na unidade de ensino – desde a recepção, consulta à plataforma e download de informações que poderão ser levadas para casa. Outra possibilidade é levar o material impresso para ser consultado em casa”, orienta a professora Anaci.

Os estudantes vão ser atendidos em horários pré-estabelecidos e por escalas a fim de obedecer ao distanciamento social. Terão acesso à sala multimídia em grupos de dez e também será garantido o espaço adequado para a realização de atividades pedagógicas enquanto aguardam a família.

A cada escala de atendimento haverá serão programados intervalos para higienização dos ambientes, conforme recomenda o protocolo de prevenção à Covid-19. Todas as escolas seguirão ainda o protocolo de biossegurança, observando o uso de máscara, o distanciamento social e a conduta de higienização das mãos e dos espaços.



Postar um comentário

0 Comentários