Projeto Novo Centro oferece piso compartilhado entre pedestres e veículos


As obras do Projeto Novo Centro de Feira de Santana estão previstas para serem concluídas no mês de abril. Uma das novidades apresentadas é a inclusão do piso compartilhado que será utilizado por pedestres e veículos. De acordo com o diretor de planejamento da prefeitura, Wagner Soares Souza, estudos apontam que esse tipo de sistema traz mais seguranças e diminui o número de acidentes.

Foto: Ney Silva/ Acorda Cidade

"Está previsto que em diversas ruas do centro da cidade funcione como piso compartilhado, um piso único onde os pedestres e veículos utilizam e não há uma separação de local. Diversos estudos apontam que esse tipo de sistema traz mais segurança e diminui o número de acidentes, melhorando também a acessibilidade, pois não existe desnível e será um calçadão único. Tanto os pedestres quanto os condutores precisam ficar mais atentos, assim como já acontece lá na região do Farol da Barra em Salvador", explicou.

Aqui em Feira de Santana, algumas ruas no entorno de praças irão funcionar desta forma, apenas o Calçadão da Sales Barbosa que será de uso exclusivo para os pedestres.

"A Praça Bernardino Bahia é um bom exemplo, pois teremos uma requalificação da praça e no entorno dela. Então teremos esse piso compartilhado com o acesso livre de veículos de pequeno porte e de pedestres, além claro dos veículos de emergência, como viaturas e ambulâncias. A única rua que não está permitido esse tráfego de veículos é a rua Sales Barbosa porque já não existia esse tipo de tráfego e vai ser permitido apenas para os pedestres, assim como viaturas e ambulâncias", disse o diretor ao Acorda Cidade.

Além do piso compartilhado, algumas praças no centro da cidade como Bernardino Bahia, Dom Pedro II e Fróes da Mota estão dentro do projeto para serem requalificadas. Segundo Wagner Soares, nessa primeira etapa do projeto, está previsto 100% da rede de drenagem e uma parte da requalificação da urbanização.

"As praças vão passar pela requalificação. Contudo nessa primeira etapa, está previsto 100% da execução da rede de drenagem e uma parte do centro que vai sofrer a requalificação da sua urbanização. Então das três praças citadas, somente a Praça Bernardino Bahia está incluída nessa primeira etapa e as outras estão previstas para serem executadas na segunda etapa. É válido lembrar que as obras da primeira etapa estão dentro do cronograma e o prazo de conclusão é até o mês de abril. Então nessa primeira etapa, a drenagem do centro está 100% concluída e estamos realizando o recapeamento dos locais onde foram feitas as demolições para a execução da drenagem. Estamos concluindo também a fase do desague das águas que foram captadas no centro e serão lançadas na Avenida de Canal. Com isso, estamos caminhando para cerca de 80% das obras de pavimentação e vamos iniciar a parte da iluminação, onde serão feitas as substituições da iluminação nas ruas onde está tendo a requalificação", concluiu.

Postar um comentário

0 Comentários