Polícia Civil de Feira de Santana incinera duas toneladas de drogas avaliadas em R$ 10 milhões

 


Policiais da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE/ Draco) de Feira de Santana incineraram nesta terça-feira (30), em uma cerâmica localizada na região metropolitana de Salvador, duas toneladas de maconha, avaliadas em aproximadamente R$ 10 milhões.

De acordo com o delegado Deivid Lopes, titular da DTE Draco, a droga incinerada hoje foi fruto de uma grande apreensão no distrito de Humildes.

Foto: Polícia Civil

“Na quinta-feira passada ocorreu essa apresentação da Polícia Rodoviária Federal, de duas toneladas de maconha, uma grande apreensão na região de Humildes. Devido à grande quantidade de droga e a dificuldade que teríamos pra armazenar aquela droga, sem contar o perigo de manter na unidade, até pelo alto valor, pois cada grama é vendida a cinco reais, então estamos falando de 10 milhões de reais ali. Por conta disso, de imediato fizemos contato com a juíza da Vara de Tóxicos, e prontamente a juíza entendeu nosso pedido, a nossa justificativa e fizemos essa queima na região metropolitana de Salvador”, informou o delegado.

Segundo Deivid Lopes, devido a problemas de logística a incineração em Feira de Santana, a polícia fez contato com um novo parceiro.

Foto: Polícia Civil

É um procedimento que exige muita cautela, muita segurança por parte dos policiais. Esse ano já é a terceira incineração que a Polícia realiza, totalizando 4 toneladas de drogas, entre maconha, cocaína e crack, o que representa um grande prejuízo aos criminosos, e esperamos que continuemos com essas grandes apreensões em 2021”, disse.

Foto: Polícia Civil

Fonte: Acorda Cidade

Postar um comentário

0 Comentários