Fernando Torres rebate ex-deputado após chama-lo de 'cavalo'

 


O presidente da Câmara Municipal, o vereador Fernando Torres (PSD), respondeu, na sessão desta quarta-feira (24), uma publicação do ex-deputado Targino Machado (DEM) nas redes sociais, onde afirma que a Casa da Cidadania vive a sua ‘pior legislatura’. “Não quero briga com ele, não considero ele um bandido, ele até o momento é um homem de bem, agora está procurando briga comigo. Se depender de mim não vai achar, porque eu não quero briga com ele, quero que ele me respeite como eu o respeito, e respeite os vereadores desta casa. Se ele tem uma opinião que essa casa é a pior câmara que ele acha, é problema dele, pode falar o que quiser. Não é dessa forma que se trata o ser humano”.

Fernando Torres ainda informou que foi chamado de ‘cavalo’ pelo ex-deputado após divulgar que a Câmara realizará testagem para a covid-19 todas as segundas-feiras na Casa, através do método sorológico, e que se ‘atrapalhou’ ao detalhar o exame, mas que não há justificativa para julgamento, já que não entende da área (medicina).

“Se ele acha que vai me chamar de cavalo porque falei de fazer o exame tirando o sangue, saiba que não tenho a obrigação. Sou administrador e não tenho a obrigação de saber detalhes da medicina, sou ignorante nessa área. Ele é médico, estudou para isso, assim como os outros vereadores aqui estudaram para as suas profissões. Poderia assumir o meu erro que eu falei que ia tirar de seringa o sangue das pessoas para fazer a testagem, mas quem errou de verdade foi ele que é um médico, porque se tira sangue de seringa, se tira de lancetas”.

Ele concluiu o discurso dizendo que ‘não tem medo’ das acusações do ex-deputado e que o mesmo, quer ‘holofote’ diante da população. “Cavalo é ele, ignorante, não tenho medo dele, se ele tá querendo holofote, ele vai ter”.

Fonte: Acorda Cidade

Postar um comentário

0 Comentários