Cigano acusado de latrocínio foge da carceragem do Complexo de Delegacias em Feira de Santana

 


Políciaéviola - Rafael Cerqueira de Jesus, conhecido mais como “Rafael Cigano”, que foi preso na manhã de segunda-feira (15-02-2021), no povoado de Lage, zona rural de Santa Bárbara, por policiais do Serviço de Investigação da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR) de Feira de Santana, conseguiu fugir da carceragem do Complexo de Delegacias do Sobradinho em Feira de Santana no último dia 26.


Rafael Cigano é acusado de praticar um latrocínio (roubo seguido de morte), no dia 04 de Agosto de 2017, no município de São Gonçalo dos Campos, onde vitimou o comerciante Raimundo Reis Borges Santana, 43 anos. Também ele, é acusado de praticar uma tentativa de homicídio contra uma garota de 15 anos no estado de São Paulo. Na delegacia, o latrocida afirmou para os investigadores que na época vendeu o carro pela quantia de R$ 2 mil e com medo de ser preso fugiu para São Paulo.


Segundo informações de um funcionário do Complexo de Delegacias, que não quis ser identificado, contou que Rafael Cigano fugiu se passando por outro peso que teria sido beneficiado com um Alvará de Soltura. Ele teria utilizado o alvará e saiu pela porta da frente. Quando os policiais perceberam que foram enganados, o Cigano já estava longe. Porém, essa informação não foi confirmada oficialmente por alguma autoridade que a fuga foi dessa forma.


O coordenador da 1ª Coordenadoria da Polícia Civil de Feira de Santana (COORPIN), delegado Roberto Leal, afirmou para reportagem do Polícia é Viola. “No dia 26 de Fevereiro, durante revista e contagem de presos no Complexo do Sobradinho, constatou-se a ausência de um detento oriundo da Comarca de São Gonçalo dos Campos. O citado preso é apontado como autor de roubo e também possuía um mandado prisão por homicídio. As investigações agora prosseguem para averiguar as circunstâncias da fuga e recaptura do preso”, frisou Roberto Leal.

A Prisão do Cigano

O latrocida, Rafael Cerqueira de Jesus, conhecido mais como “Rafael Cigano”, foi preso na manhã desta segunda-feira (15-02-2021), no povoado de Lage, zona rural de Santa Bárbara, por policiais do Serviço de Investigação da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR) de Feira de Santana, sob o comando do delegado André Ribeiro.


Rafael Cigano é acusado de praticar um latrocínio (roubo seguido de morte), no dia 04 de Agosto de 2017, no município de São Gonçalo dos Campos, onde vitimou o comerciante Raimundo Reis Borges Santana, 43 anos. Também ele, é acusado de praticar uma tentativa de homicídio contra uma garota de 15 anos no estado de São Paulo. Na delegacia, o latrocida afirmou para os investigadores que na época vendeu o carro pela quantia de R$ 2 mil e com medo de ser preso fugiu para São Paulo.

A Fuga do Cigano em 2017


Policiais do Serviço de Investigação da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), sob o comando do delegado André Ribeiro, prenderam na tarde de sexta-feira (4-08-17), Wellington de Jesus Santos, 18 anos, residente no município de Santa Bárbara. Ele é acusado de participação no latrocínio que vitimou o comerciante Raimundo Reis Borges Santana, 43 anos, crime ocorrido por volta das 6h20 de ontem (4), no povoado de Magalhães, em São Gonçalo dos Campos.


Segundo a DRFR, um veículo Ford Ka, que foi usado pelos criminosos foi interceptado na BR-324, na região entre Tanquinho e Riachão do Jacuipe e Wellington foi localizado. Ainda de acordo com a polícia, no interior do carro foi encontrada uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) em nome de Rafael Cerqueira de Jesus, também conhecido como ‘Rafael Cigano’, que mora na localidade dos Quatro, em Santa Bárbara.

Postar um comentário

0 Comentários