Sem feridos e danos, a orientação é deixar a via livre

 


Dois veículos colidem e interrompem o fluxo. O horário é de pico. Alguns curiosos reduzem a velocidade, querem saber o que aconteceu e, em poucos instantes, o caos está formado. Buzinas, motoristas apressados e um trânsito engarrafado.

Uma cena que se repete com frequência nas grandes vias. Contudo, para os desavisados o Código de Trânsito Brasileiro é claro: não havendo vítimas, os condutores devem remover os veículos, assegurando a fluidez e a segurança no trânsito.

O superintendente de Trânsito, Cleudson Almeida, ainda orienta que quando há uma colisão sem vítimas, os condutores podem registrar a ocorrência através do aplicativo da SMT, que está disponível para ser baixado nas plataformas Android e IOS.

"Quando há vítimas, é necessário aguardar a chegada do agente de trânsito para fazer a ocorrência e a depender da situação, os veículos podem ser conduzidos ao pátio da SMT para perícia, sendo liberado pela autoridade policial", afirma.

Em algumas situações, os motoristas são conduzidos a uma delegacia para prestar esclarecimentos sobre o fato.

Postar um comentário

0 Comentários