Prefeitura recolhe entulho jogado de forma ilegal nas Baraúnas

 

Serviço de limpeza para desobstruir a rua Lagoa Santa

Uma retroescavadeira e duas caçambas. As máquinas foram disponibilizadas pela Prefeitura para recolher o entulho que foi despejado de forma ilegal na rua Lagoa Santa, nas Baraúnas.

A ação de limpeza para desobstruir a rua e garantir o acesso de veículos foi realizada por meio da Superintendência de Operações e Manutenção (SOMA). Devido a quantidade de material foram necessárias pelo menos dez viagens para a retirada do entulho.

"O local se transformou em depósito de lixo e entulho", diz o diretor do órgão, José Braga Neto. Segundo ele, esse serviço tem sido feito com frequência no local, uma vez que as pessoas insistem em jogar o material na rua, que fica atrás da av. José Falcão da Silva.

Geralmente isso acontece à noite, o que dificulta a identificação. Conforme a lei municipal (nº 1.613/92), o descarte irregular de entulho em vias públicas é crime. A infração para quem for flagrado pode gerar multa no valor de R$ 159,20.

O engenheiro da SOMA ainda informa que o Município acionou a Embasa para realizar o conserto de um cano estourado, que estava lançando água na via. "Já acionamos o órgão para resolver o problema. Agora, pedimos a colaboração das pessoas que não joguem lixo".



Postar um comentário

0 Comentários