Feira tem aumento de casos e mortes por Covid-19

 

1.290 pessoas estão com a doença no município

O último balanço da evolução da pandemia do Coronavírus em Feira de Santana indicou um aumento de novos casos e mortes por Covid-19. Entre os dias 8 a 14 de fevereiro, foram registrados 581 casos positivos e 16 mortes, contra 331 diagnósticos e 12 óbitos da semana anterior, o que, se comparado, representa um aumento de 75% dos casos confirmados e 33% dos óbitos.

No Hospital de Campanha a situação também é preocupante, dos 18 leitos de UTI, 16 estão ocupados. Entre os 35 leitos clínicos, 20 estão com pacientes.

O balanço aponta ainda que, incluindo os hospitais particulares, 65 pessoas estão internadas no município diagnosticadas com a doença.

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado neste segunda-feira (15), o município tem 24.206 casos confirmados, destes, 22.492 pacientes estão curados da doença, 448 morreram e 1.290 casos ativos, ou seja, pessoas que ainda estão com a doença.

A curva de casos de covid-19 subiu a partir de junho de 2020, atingiu seu primeiro pico em julho, com 3.204 casos e começou a cair a partir de setembro. Em dezembro o município registrou a segunda onda, com 4.845 casos registrados no mês, um aumento mais intenso do que no primeiro semestre do ano.

Mesmo com o aumento, Feira de Santana apresenta a menor taxa de morte por Covid-19 a cada 100 mil habitantes entre 28 capitais e municípios do país, de acordo com dados do Ministério da Saúde.

A taxa de letalidade no município é de 1,68%, índice considerado baixo em comparação a Salvador (2,62%) Bahia (1,71%) e o Brasil (2,4%).

A Secretaria Municipal de Saúde reforça que a população deve continuar com os cuidados de higiene, o distanciamento social e o uso da máscara para reduzir o número de contágio.



Postar um comentário

0 Comentários