Champions: Mbappé 'joga como Neymar', 'engole Messi' e 'humilha Barcelona'; imprensa espanhola se encanta com show

Mbappé entortando defesa do Barcelona durante duelo pelas oitavas da Champions League Getty Images


Nesta terça-feira (16) o Barcelona sofreu uma sonora goleada do Paris Saint-Germain pelo jogo de ida das oitavas de final da Champions League e perdeu de virada por 4 a 1. Com o resultado, os franceses, que tiveram um Mbappé inspirado em campo, construíram uma grande vantagem para o jogo de volta, em março, na França.

Após o fim do jogo, a imprensa espanhola não só detonou a atuação do Barcelona, como também exaltou o desempenho de Mbappé, que marcou três gols no jogo. E o Marca, de Madri, foi um dos veículos que mais elogiou o camisa 7 do clube parisiense.

"A noite foi de Mbappé, imparável, um adulto jogando contra os juvenis, tanto que como bom valentão pegou a bola, até gostando de si mesmo, jogando como Neymar", começou por dizer.O veículo não só rasgou elogios ao jogador, que ainda tem apenas 22 anos, como também o comparou com Neymar, ex-Barcelona e seu companheiro de equipe, que não pôde jogar por conta de lesão.

"Seu primeiro gol foi grande, controle, corrida e surra, tudo em um piscar de olhos. Seu nível estava acima do jogo, também Messi, profundo, por dentro e por fora, vertical, nada barroco. Não satisfeito com o 1-1, ele também fez o 1-2, perseguindo o rebote, esperando o momento de dizer 'aqui estou', pedindo um lugar na Bola de Ouro. E ele não parou até que marcou o hat-trick, porque Ter Stegen o negou o primeiro, mas já aos 44 minutos o fez, com a perna direita imparável", concluiu.

Também da capital Madri, o As também se aproveitou da goleada do Barça para elogiar Mbappé. Na visão do veículo, o clube catalão não passa de "história", enquanto Mbappé é "futuro".

"Em circunstâncias como essas, o Barça confirma o que já sabia. A equipe de (Ronald) Koeman não pôde negar os seus esforços, mas a realidade é teimosa e cruel: o grande Barça é história. Mbappé é futuro", escreveu o jornal.

Com o resultado, o PSG construiu uma excelente vantagem para o jogo da volta, no dia 10 de março, no Parque dos Príncipes, em Paris. O clube parisiense pode perder, por exemplo, até por 3 a 0, que se classifica para as quartas, já que anotou quatro gols em território rival.Na Catalunha, também não deixou de se elogiar o camisa 7 francês. O Sport, também exaltando a grande noite do camisa 7 parisiense, afirmou que o atacante "deu um choque de realidade" no Barcelona e assinou mais um "desastre europeu" do clube catalão.

Postar um comentário

0 Comentários