Bola de Prata: Rogério Ceni dá volta por cima no Flamengo, completa trinca inédita e fica a um prêmio de igualar Zico


 

Melhor da posição, melhor do campeonato e agora o melhor treinador. Rogério Ceni deu a volta por cima no Flamengo, conquistou um título que muitos já não acreditam e, de quebra, ainda completou a trinca perfeita e inédita no Prêmio ESPN Bola de Prata Sportingbet.

Contratado pelo Flamengo em novembro, Ceni chegou no olho do furacão e logo com duas decisões pela frente. E o começo não podia ser pior: eliminações tanto na Copa do Brasil quanto na Libertadores.

CLIQUE AQUI E VEJA A SELEÇÃO COMPLETA DO BOLA DE PRATA 2020

Luiz Maggessi | Arte ESPN

Em 20 dias, o treinador sentiu a dura realidade de já ficar com a corda no pescoço. Pouco depois, em janeiro, voltou a ter a demissão fortemente especulada após mais três tropeços que poderiam tirar o Flamengo também da briga pelo título no Brasileirão.

Mas Ceni mostrou por que é um dos treinadores mais promissores do momento no futebol nacional e fez uma criticada mudança que mudou os rumos do Brasileirão.

Ao “inventar” Willian Arão na zaga, Rogério conseguiu povoar o meio-campo de “camisas 10” e deu início à arrancada fulminante que acabou com o bicampeonato brasileiro do time rubro-negro.

Assim, ele consegue algo inédito em toda história da premiação, ao completar a trinca perfeita com os prêmios de melhor da posição, do campeonato e também de treinador – as premiações para técnico começaram a ser distribuídas em 2016.

Ceni tem seis Bolas de Prata como melhor goleiro do Brasil e ainda uma Bola de Ouro como o melhor do Brasileirão de 2008.

E agora ele fica a apenas um prêmio de igualar ninguém menos que Zico, o maior ídolo do Flamengo.

Três décadas de Ceni no Bola de Prata! Campeão, treinador do Flamengo leva o prêmio de melhor do Brasileirão

Três décadas de Ceni no Bola de Prata! Campeão, treinador do Flamengo leva o prêmio de melhor do Brasileirão

Rogério venceu a Bola de Prata pela primeira vez como técnico

O Galinho é o maior vencedor da história com nove prêmios: cinco Bolas de Prata como meia, duas como artilheiro e ainda mais duas Bolas de Ouro.

Depois de ser um dos maiores goleiros da história do país, Rogério Ceni agora está obstinado a ser também um dos melhores treinadores. E ele já mostrou inúmeras vezes que não é bom duvidar dele.


Fonte: CNN Brasil

Postar um comentário

0 Comentários