Band monta equipe para transmitir Fórmula 1 em 2021

 


A Band oficializou a aquisição dos direitos de transmissão da Fórmula 1 pelos próximos dois anos. Após 40 anos de exibição na Globo, os fãs da categoria automobilística terão de mudar de canal para acompanhar as disputas das 23 corridas previstas para a temporada 2021. Agora, a emissora paulista trabalha para montar a equipe que vai cobrir todas as etapas do Campeonato Mundial. Já estão confirmados o comentarista Reginaldo Leme, contratado desde o final de 2020, e a repórter Mariana Becker, fazia a cobertura 'in loco' e deixou a Vênus Platinada após 27 anos.

 

De acordo com o jornalista Gabriel Vaquer, do site Uol Esporte, a Band está à procura de um narrador. A lista é encabeçada por Sérgio Maurício. Um dos maiores nomes do SporTV, o locutor, de 58 anos, tem perdido espaço no Grupo Globo. Em 2020, narrou apenas uma corrida restrita ao canal fechado, enquanto as transmissões na TV aberta foram feitas por Cleber Machado e Everaldo Marques.

 

No comunicado, a Band informou que as 23 provas do Mundial de F1 serão exibidas na TV aberta. Uma das principais mudanças em relação ao antigo canal da categoria é a promessa da transmissão dos pódios, que vinha acontecendo há alguns anos. Os treinos livres da sexta-feira e o de classificação do grid ficarão com a Bandsports, canal fechado do grupo. Outra novidade é que o pacote adquirido também inclui as Fórmulas 2 e 3, que ficaram fora da TV brasileira no ano passado. As provas serão transmitidas pela Bandsports. Já em relação ao streaming, que foi um dos entraves da negociação com a Globo, a F1 TV Pro, plataforma oficial da categoria, anunciará a chegada do serviço no Brasil nos próximos dias e as transmissões terão as narrações da emissora paulista. De acordo com a jornalista Julianne Cerasoli, também do Uol, o valor da assinatura custará R$ 28,90 por mês ou R$ 279,90 no plano anual.

 

A última vez que a Band transmitiu a Fórmula 1 foi em 1980. A abertura do Mundial de 2021 da categoria está marcada para o dia 28 de março com o GP do Bahrein e o último será em 12 de dezembro em Abu Dhabi. O contrato da emissora paulista com a Liberty Media, dona da F1, pela transmissão tem duração até o final de 2022.

Fonte: Bahia Notícias

Postar um comentário

0 Comentários