Secretaria encerra contrato de cerca de 500 servidores com cooperativas e admissões serão feitas através de empresa

 


A Secretaria de Desenvolvimento Social de Feira de Santana (Sedeso), não vai mais contratar os colaboradores através de cooperativas. O secretário da pasta, Pablo Roberto, informou ontem (13), ao Acorda Cidade que o contrato com a Coopersade e Ativacoop foi encerrado e a admissão dos trabalhadores será feita através de uma empresa. Segundo ele, o objetivo é garantir todos os direitos trabalhistas.

“Estamos passando por um processo de reestruturação, reorganização do quadro de funcionários. O prefeito Colbert o ano passado já tinha tomado a decisão que mudaríamos a forma de contratar essas pessoas. Nós sabemos que a cooperativa hoje não assina a carteira, ela não paga por tempo de serviço, e era uma reivindicação inclusive antiga dos servidores. Como os contratos venceram no dia 31 de dezembro foi contratada uma nova empresa e essa empresa está fazendo o processo de admissão das pessoas”, disse.

Pablo acrescentou ainda que uma equipe técnica da secretaria já começou a fazer o processo de admissão e cerca de 500 servidores contratados entre serviços gerais, porteiros, assistente social e que desenvolvem outras atividades foram desligados no dia 31 de dezembro e serão readmitidos através da empresa, todos com carteira assinada.

O secretário declarou também que além destes servidores que vão trabalhar contratados através da empresa, a secretaria tem uma parte de colabores que atuam em termo de cooperação no Regime Especial de Direito Administrativo (Reda), assinado no Ministério Público (MP).

Sobre a possibilidade do município realizar um concurso público, o secretário frisou que o prefeito está analisando essa questão, fazendo levantamentos, mas só será viável realizar concurso quando houver a possibilidade de convocação dos candidatos.

Fonte: Acorda Cidade

Postar um comentário

0 Comentários