Jack Ma, fundador do Alibaba, faz primeira aparição pública desde outubro

Jack Ma, em primeira aparição pública em meses, participa da cerimônia de premiação do Jack Ma Rural Teachers Awards. Foto: Global Times/ Reprodução


CNN Brasil - O fundador do Alibaba Group, Jack Ma, se reuniu com 100 professores rurais chineses por meio de uma videoconferência nesta quarta-feira (20), informou a mídia do governo local. Essa é a primeira aparição do empresário em público desde outubro.

A princípio, não foi informada uma justificativa para o longo período sem aparições ou postagem nas redes sociais.

O empresário participou da cerimônia de premiação do Jack Ma Rural Teachers Award, um evento anual lançado pela Jack Ma Foundation em 2015, por meio de um vídeo no qual ele se reuniu com 100 professores rurais de todo o país. Ao final, o empresário disse "nos encontraremos novamente quando a pandemia de Covid-19 acabar " de acordo com o Tianmu News, um site de notícias na província de Zhejiang, no leste da China, onde o Alibaba está sediada.

Muitas especulações rondaram a falta de notícias por meses do lendário e bilionário empreendedor e cofundador do império de tecnologia de maior sucesso na China. O sumiço ocorreu enquanto os negócios de Ma estavam sob enorme pressão.

Longo sumiço

A última aparição do empresário até então havia sido mais de uma semana antes da tão esperada estreia no mercado de ações da afiliada financeira do Alibaba (BABA), o Ant Group, ser bloqueada de última hora pelos reguladores chineses.

O Ant Group teve de cancelar a preparação da maior oferta pública inicial do mundo e passou a ser obrigado a reformular grandes áreas de seus negócios. Os reguladores chineses criticaram a empresa por afastar os rivais do mercado e prejudicar os direitos do consumidor.

O Alibaba, por sua vez, foi investigado na China por um suposto comportamento monopolista. Recentemente, o “Wall Street Journal” publicou que Pequim estava tentando encolher o império de Ma e potencialmente assumir uma participação maior em seus negócios, segundo autoridades chinesas e assessores do governo familiarizados com o assunto.

Nas últimas semanas, Ma não esteve presente na final de um show de talentos africano que ele criou, de acordo com o “Financial Times”.

O jornal também noticiou que, em novembro, Ma foi substituído como jurado durante as filmagens do último episódio de "Africa's Business Heroes", um concurso de televisão para empreendedores. Em 12 de outubro, o empresário teria dito que estava ansioso para conhecer os finalistas durante a final online em 14 de novembro.

O Alibaba disse à CNN Business no início de janeiro que Ma "teve de perder a final devido a um conflito de agendas" e se recusou a fazer mais comentários sobre seu paradeiro.

O magnata se manteve discreto na China por algum tempo, disse Duncan Clark, autor de Alibaba, a gigante do comércio eletrônico: O Império Construído por Jack Ma” (editora Best Business) e fundador da empresa de consultoria em investimentos BDA China. Ele acrescentou que Pequim quer que sua narrativa sobre a IPO do Ant Group domine as conversas públicas. Além disso, que a empresa sabe que ter uma "diversidade de opinião" sobre o assunto provavelmente não ajudará em nada.

"Mas certamente é notável, e o silêncio é um pouco ensurdecedor", acrescentou.

*Com informações de Brenda Goh, da Reuters; e Jill Disis e Selina Wang, do CNN Business

Postar um comentário

0 Comentários